De Buenos Aires – Sair do País para acompanhar um Salão é bastante cansativo – principalmente quando você tem outra viagem na mesma semana -, mas é legal. Com a identidade de um mercado automotivo peculiar, o Salão de Buenos Aires mistura modelos europeus que nem pensamos em ver no Brasil e os futuros lançamentos do Mercosul.


Ahh, você está mesmo pensando que vou voltar a falar do Duster, Cobalt e Colorado? Não… Tem outros carros por lá que nos interessam. Mas, posso dizer que o Duster é melhor ao vivo e tem mais porte e apelo off-road que o EvcoSport, e o Cobalt é interessante e nem tão feio como parece.Bem, o Chevrolet Cruze estava presente na versão sedã, que já é vendida na Argentina, e na versão hatch, que também é novidade para os Hermanos. Particularmente gostei do que vi. Como já imaginava ele tem um porte interessante e design bem sóbrio. O interior é confortável, tem boa ergonomia e acabamento bem executado. O espaço interno me parerceu maior que o do Vectra.
A Fiat tinha como destaque o 500 fabricado no México, que desembarca no Brasil nos próximos meses. A unidade vermelha corresponde à nova versão Sport, que desta vez terá elementos estéticos para se diferenciar das demais versões e câmbio automático; o prata corresponde à versão Lounge e, aparentemente, a única novidade que apresenta é a cor. As duas versões serão equipadas com motor 1.4 MultiAir de 105cv a gasolina.
Ford havia o New Fiesta hatch  e a nova Ranger. Não se sabe ao certo quando este Fiesta fabricado no México chegará ao Brasil, mas tenho certeza que uma das cores que caem melhor nele é a branca. Aliás, quase todos os carros deste stand eram brancos. A nova Ranger fugiu à esta regra, aparecendo no conhecido tom de azul. É uma picape totalmente nova, que sequer merecia manter o nome. O porte é o mesmo da Amarok, mas me arrisco a dizer que ela á ainda mais imponente. A produção na Argentina inicia junto com o ano de 2012.

Galeria

(Clique nas imagens para ampliar)


Fotos | Henrique Rodriguez/Autos Segredos

Acompanhe também o Auto Segredos pelo Twitter