Atração do Salão de Paris, em setembro próximo, o novo Range Rover tem chances de também figurar entre as atrações do Salão do Automóvel de São Paulo, no final de outubro. O que é certo é seu lançamento no Brasil em 2013, chegando com diversas inovações técnicas e visual que remete ao Evoque.

Em sua quarta geração o Range Rover aboliu a carroceria separada do chassi. Agora seu chassi é do tipo monocoque, todo feito em alumínio, que é 39% mais leve que a do modelo anterior, feita de aço, permitindo uma redução de até 420 kg no peso. Desta forma, está mais ágil e eficiente. As suspensões dianteira e traseira ainda foram redesenhadas para melhorar o comportamento do SUV de luxo.

Apesar disso as linhas seguem as formas tradicionais do Range Rover, atualizadas com inspiração no design do Range Rover Evoque, garantindo extremidades arredondadas e conjuntos ópticos “rasgados” que avançam para a lateral.No interior, o espaço para as pernas dos ocupantes traseiros cresceu 118 mm. Além disso, existe a opção “Executive Class”, um pacote que inclui dois assentos traseiros de luxo, além de um sistema de som exclusivo “Surround Meridian” e a abertura e fechamento automático das portas traseiras.

O Range Rover 2013 está ainda equipado com a última geração do sistema Terrain Response, que seleciona automaticamente os parâmetros mais adequados para cada terreno.Sem divulgar a potência, a Land Rover divulgou que o utilitário poderá ser equipado com os motores V8 Supercharged e 4.4 turbodiesel SDV8. Na Europa haverá, ainda, a opção 3.0 TDV6, e nos EUA, um 5.0 V8 aspirado. Todos os propulsores serão associados ao câmbio automático de oito marchas produzido pela ZF.Fotos | Land Rover/divulgação

Acompanhe também o Auto Segredos pelo Twitter

Curta o Autos Segredos no Facebook!