Com discreta mudança de visual, mas com o moderno motor de três cilindros, compacto da marca alemã surpreende pelo bom desempenho e baixo consumo de combustível

vwfoxbluemotionChico Filho
Especial para o Autos Segredos

Se você é daqueles que já não tem a menor paciência com os modelos 1.0 pelo fraco desempenho ou pelo consumo de combustível nem tão baixo assim, chegou a hora de rever seus conceitos. Com o Fox BlueMotion 1.0 flex, a Volkswagen deu uma boa sacudida no segmento e certamente está fazendo a concorrência rebolar. Isso porque o moderno motor de três cilindros dá um show de eficiência, mostrando que carro 1.0 pode, sim, ter bom desempenho, com baixos consumo e emissão de poluentes. E não é preciso fazer muito esforço para se obter bons resultados, pois com o auxílio da tecnologia o próprio Fox vai orientando o motorista, fazendo o combustível render dentro do tanque.

vwfoxbluemotion25O Fox BlueMotion estréia o novo motor de três cilindros da marca alemã, mas ele também vai equipar o compacto up! em breve. O moderno EA211 não está sozinho na praça, já que o Hyundai HB20 também é equipado com um motor de três cilindros, porém com uma desvantagem de dois cavalos em relação ao hatch VW. O Fox BlueMotion desenvolve 75cv com gasolina e 82cv com etanol, enquanto o HB20 fica nos 75cv (g) e 80cv (e). No torque o modelo da marca alemã também leva pequena vantagem, com 9,7kgfm (g) e 10,4kgfm (e) contra 9,4kgfm (g) e 10,2kgfm (e) do coreano.

vwfoxbluemotion5CADÊ O TANQUINHO? Mas as vantagens do Fox BlueMotion não param por aí. Os bons resultados obtidos com o novo motor foram alcançados graças ao uso de materiais leves em sua construção, como o alumínio, que reduziu o peso e otmizou o funcionamento. Outro avanço é p sistema de partida a frio que dispensa o uso do tanquinho reserva. O combustível é pré-aquecido em uma câmara sempre que a temperatura ambiente está abaixo de 17,5 graus e só depois é injetado. E para ajudar ainda mais no lado pão-duro do Fox BlueMotion, o modelo vem equipado com os pneus verdes, na medida 175/70, feitos com componentes que ajudam a reduzir a resistência ao atrito. Até a grade dianteira ganhou novo desenho para melhorar a aerodinâmica e deixar o hatch ainda mais econômico.

O caro leitor pode estar se perguntando se isso é suficiente para que o Fox BlueMotion apresente números impressionantes de consumo. E eu digo que não! Ele tem mais. Dialogando com o motorista por meio do computador de bordo, o carrinho vai dando as dicas de como é possível obter os melhores resultados. Para dar a partida é preciso pisar no pedal da embreagem, o que evita o funcionamento com uma marcha engrenada e possíveis saltos para frente. Depois de arrancar, o motorista já começa a perceber as mensagens no painel para auxiliar na economia de combustível. Se o motorista abre os vidros, ele manda fechar, para diminuir a resistência ao ar. Se pisar no acelerador com o carro parado ou forçar a arrancada, toma pito, pois esse tipo de situação contribui para o aumento de consumo. E o computador de bordo ainda indica qual o melhor momento para fazer a troca de marcha. Tudo para reduzir o consumo de combustível.

CONSUMO E não é que funciona mesmo! Dirigindo o Fox BlueMotion em um circuito misto na cidade, mesclando corredores com trânsito rápido e áreas com topografia mais acidentada, o computador de bordo apresentou consumo variando de 9km/l a 11,5km/l com etanol e cerca de 13km/l com gasolina. Na estrada os números impressionam: 20km/l com gasolina e 16km/l com etanol. Vamos falar a verdade: os resultados são bem melhores do que a média de outros modelos equipados com motor 1.0 de quatro cilindros.

vwfoxbluemotion7

 E falando em quatro cilindros, se o antigo 1.0 do Fox matava de raiva o motorista com o fraco desempenho, o três cilindros chega como divisor de águas. O carro é esperto, pois apresenta boa performance tanto na cidade quanto na estrada, com bom torque em baixas rotações, proporcionando arrancadas rápidas e retomadas de velocidade eficientes, com segurança. Não lembra nem de longe o outro e nem parece um 1.0. O câmbio, com relações alongadas, contribui para o bom desempenho, além de ter engates precisos. O Fox é um modelo com ajuste das suspensões que favorece mais a estabilidade em detrimento do conforto, já que é um pouco mais duro. A direção foi bem calibrada, garantindo tranquilidade nas manobras e segurança em velocidades mais elevadas.

vwfoxbluemotion14PACOTÃO O visual do compacto da VW foi atualizado e agrada muito, mas o espaço interno é limitado. Quem procura um carro econômico, com bom desempenho e acabamento de boa qualidade, o Fox BlueMotion pode ser uma boa pedida. Os bancos dianteiros estreitos não são muito confortáveis e o traseiro tem cinto central abdominal. O modelo traz de série freios ABS com EBD, spoiler traseiro, airbag duplo, banco do motorista com ajuste de altura, terceira lanterna de freio, chave canivete, cintos de segurança retráteis de três pontos na frente com tensor e ajuste de altura, vidro traseiro aquecível, direção eletro-hidráulica, display multifuncional/computador de bordo, gaveta sob o banco dianteiro esquerdo, imobilizador eletrônico, lavador e limpador do vidro traseiro com temporizador, porta-copos no console central, porta-revistas no encosto do banco do passageiro, espelho retrovisor interno dia/noite, espelho retrovisor externo com regulagem interna, temporizador do limpador do para-brisa.

vwfoxbluemotion23Já a lista de opcionais inclui retrovisores externos e vidros elétricos, alarme com imobilizador eletrônico, rede e iluminação no porta-mala, ar-condicionado, destravamento elétrico da tampa traseira, luz indicadora de direção nos espelhos retrovisores, chave canivete com controle remoto, travamento central com controle remoto por radiofrequência e acionamento interno, banco traseiro corrediço e com terceiro apoio de cabeça, faróis e lanternas traseiras de neblina e sensor de estacionamento traseiro. O VW Fox BlueMotion 1.0 flex duas portas tem preço inicial de R$ 31.540. Com quatro portas vai de R$ 33.060 a R$ 41.537, com todos os opcionais. É um carrinho legal para acabar com o trauma de 1.0 e para quem precisa de economia na cidade e na estrada.

AVALIAÇÃO Oine Marlos
Desempenho (acelerações e retomadas) 9 8
Consumo (cidade e estrada) 10 10
Estabilidade 8 8
Freios 8 8
Posição de dirigir/ergonomia 8 8
Espaço interno 9 8
Porta-malas (espaço, acessibilidade e versatilidade) 8 7
Acabamento 8 7
Itens de segurança (de série e opcionais) 8 8
Itens de conveniência (de série e opcionais) 8 8
Conjunto mecânico (acerto de motor, câmbio, suspensão e direção) 8 9
Relação custo/benefício 8 8

vwfoxbluemotion16

FICHA TÉCNICA
» MOTOR

Dianteiro, transversal, de três cilindros em linha, 999cm³ de cilindrada, 12 válvulas, com potências máximas de 75cv (gasolina) e 82cv (etanol) a 6.250 rpm e torques de 9,7kgfm (gasolina) e 10,4kgfm (etanol) a 3.000rpm

» Transmissão
Tração dianteira, câmbio manual de cinco marchas

» Suspensão/Rodas/Pneus
Dianteira, independente, McPherson e barra estabilizadora; traseira, interdependente, com braço longitudinal/ 5×14 polegadas em aço/ 175/70 R14

» Direção
Tipo pinhão e cremalheira, com assistência eletro-hidráulica

» Freios
Discos ventilados na dianteira e tambores na traseira

» Capacidades
Peso, 993kg; tanque, 50 litros; de carga (passageiros e bagagem), 440kg


Fotos | Marlos Ney Vidal/Autos Segredos