novp_honda_civic_2017A Honda marcou para o dia 25 de agosto o lançamento comercial da nova geração do Civic. O sedã será vendido em quatro versões com preços vão de R$ 90 mil a R$ 130 mil. As três primeiras opções do catálogo serão equipadas com o motor 2.0 i-VTEC Flex e a topo de linha será equipada com o 1.5 Turbo movida a gasolina. A produção começa em junho na fábrica de Sumaré (SP).  A rede começará a ser treinada em junho e por determinação da Honda 100% dos colaboradores da linha de frente das concessionárias terão que ser treinados.

Novo_honda_civic_1Na linha 2017 o sedã será comercializado nas versões LXS, LXR e Sport, está última terá alguns elementos esportivos como rodas pretas, aerofólio e apliques.  Nestas três primeiras opções o motor será o 2.0 16v que rende 150cv de potência e torque de 19,3kgfm quando abastecido com gasolina e 155cv com torque de 19,5kgfm com etanol no tanque.  A topo de linha EXR contará mais conteúdo tecnológico e será equipada com o motor 1.5 i-VTEC Turbo que rende 176cv de potência e torque de 22,4kgfm. Ambos os motores contarão com novo câmbio CVT que simula sete velocidades. O sedã só contará com outras versões turbo quando o propulsor for nacionalizado e se tornar flex.

Novo_honda_civicNesta nova geração do Civic o modelo terá o design unificado em todo o mundo, até mesmo entre as opções de carroceria (sedã, cupê e hatch). A mesma frente, com faróis interligados pela grade, mais saliente que a atual estará em todos. Na traseira as lanternas têm forma de bumerangue serão a marca registrada desta nova geração. A capacidade do porta-malas é para 427 litros.

O novo Civic tem 4,63 metros de comprimento, 1,80 metro de largura, 1,41 metro de altura e 2,70 metros de distância entre os eixos.

O sedã conta com um novo sistema de suspensão independente na traseira. A suspensão é montada num subchassi ultra-rígido com coxins hidráulicos e com barras estabilizadoras mais robustas. Já os suportes dos amortecedores traseiros são de alumínio.

Novo_honda_civic_3Internamente, o painel de dois andares das duas últimas gerações deu lugar a um conjunto único. O quadro de instrumentos tem os marcadores digitais que mostra informações do computador de bordo e informações do sistema de áudio e do ar-condicionado. Nas versões topo de linha terão central multimídia com tela de 7 polegadas sensível ao toque.

ATUAL

A linha 2016 da geração atual será fabricada até maio. Nestes dois meses restantes de produção, o sedã será fabricado na versão LXR.

Fotos | Honda/Divulgação