A partir de 1º de outubro, novo plano estabelece prazos de revisão de 10.000 km ou 12 meses, prevalecendo o que ocorrer primeiro

revisao_vwFinalmente, a Volkswagen se adequa a realidade do mercado e acaba com a famigerada revisão obrigatória a cada seis meses. A marca anuncia novo plano de revisão, válido a partir do dia 1º de outubro de 2016. Agora, as revisões periódicas passam a ser feitas aos 10.000 quilômetros ou 12 meses, prevalecendo o que ocorrer primeiro.

Válido a partir de 1º de outubro, o novo plano de manutenção engloba os modelos up!, Novo Gol, Novo Voyage, Nova Saveiro, Fox, CrossFox, SpaceFox, Space Cross, Golf e Jetta. Os modelos importados também contarão com o novo plano de manutenção: Golf Variant, Fusca, Tiguan, Novo Passat, CC e Touareg. Já a picape Amarok só se adequará ao novo plano a partir do lançamento da linha 2017.

Até os 60.000 quilômetros o cliente deverá realizar seis serviços. Nas revisões do 1º, 3º e 5º serviços serão checados 18 itens no veículo. Nas revisões do 2º, 4º e 6º serviços terão, além daqueles 18 itens verificados, outros 12 itens checados no veículo. Além da verificação dos itens, em todas as revisões é realizada a troca de óleo do motor, além de eventuais serviços complementares, como trocas de filtros, fluidos ou correias, dependendo da quilometragem.

O fabricante ainda informa que todo os modelos da marca comercializados no mercado brasileiro contam com garantia total de três anos, sem limite de quilometragem (para a Amarok há limite de 100.000 km). Para isso, é necessário que se cumpra o Plano de Manutenção do veículo, conforme as disposições do livreto de Manutenção e Garantia e do Manual do Proprietário.

Foto | Volkswagen/Divulgação