Das marcas que ainda ofertam transmissão manual para seus SUV´s compactos, o câmbio representa apenas 12% das vendas. No total geral do mercado, a participação é de apenas 8%
Renegade 1.8 Sport 2019
Foto | Marlos Ney Vidal/Autos Segredos – Apenas 6% dos Renegade vendidos no primeiro trimestre eram manuais

No mercado atual de SUV´s compactos, apenas Citroën, Ford, Hyundai, Jeep, Nissan, Peugeot e Renault ofertam seus modelos com opção de câmbio manual. Com exceção da Hyundai que não revela seu mix de vendas, as demais marcas somadas tiveram 53.891 modelos vendidos no primeiro trimestre de 2019. Deste total, apenas 12% eram de versões manuais, o que representa apenas 6.517 unidades.

C4 Cactus PcD
Foto | Citroën/Divulgação – C4 Cactus teve 392 unidades manuais vendidas nos três primeiros meses de 2019

Vendas totais

Já se forem somadas as vendas de todos os SUV´s compactos vendidos nos três primeiros meses de 2019, o número chega a 81.128 unidades, o que representa apenas 8% das vendas de modelos com transmissão manual.

Sem Hyundai

Apesar da ausência dos números da Hyundai, a participação do câmbio manual não aumentaria. Se formos considerar os números da concorrência, as vendas do Creta manual não devem passar de 10% do total.

Duster
Foto | Renault/Divulgação – Duster é o modelo onde o câmbio manual tem maior participação

Veteranos

Coincidente, a participação do câmbio manual é maior nos modelos mais antigos do mercado. 20% das 7.617 unidades dos Ford EcoSport comercializados de janeiro a março de 2019 eram manuais. No Duster a participação ainda é maior e chega 40% do total 5.488 unidades vendidos. A participação pode ser explicada, por que no período, 2.590 unidades do SUV francês foram vendidas para frotistas, o representa 46% do total de modelos vendidos.

Mais novos

Já nos SUV´s mais novos, a participação varia entre 2,5% a 10,85%. No período o Captur teve 6.174 unidades vendidas, desse total, apenas 2% ou 154 modelos eram manuais. A baixa participação justifica a Renault ter deixado de ofertar a transmissão manual para o Captur.

A Honda foi outra marca que deixou de ofertar o câmbio manual para o HR-V, na linha 2019 do SUV, a transmissão deixou de ser ofertada, já que representava apenas 1% das unidades vendidas.

Dos modelos mais novos, o Citroën C4 Cactus é o modelo que maior participação do câmbio manual. Das 3.615 unidades comercializadas no primeiro trimestre, 10,85% ou 392 unidades eram versões manuais.

Nissan Kicks 2019
Foto | Marlos Ney Vidal/ Autos Segredos – Das 12.484 unidades vendidas do Kicks, 1.258 eram manuais

Também na casa dos 10%, o Nissan Kicks teve 12.484 modelos vendidos na somatória de janeiro a março. Desse total, 1.258 modelos eram manuais.

Líder da categoria em 2019, o Jeep Renegade emplacou 15.671 unidades vendidas nos três primeiros meses deste ano. Apenas 940 modelos eram manuais, o que representa apenas 6% do total.

No acumulado de janeiro a março, o Peugeot 2008 vendeu 1.842 unidades. Desse total, 3% eram manuais, o que dá apenas 55 unidades vendidas.

Participação manual

Confira abaixo os modelos que ainda ofertam a transmissão manual e qual é participação nas vendas.

Jeep Renegade – 15.671 – (6% de versões manuais) 940
Nissan Kicks – 12.484 – (10% versões manuais) 1.258
Hyundai Creta – 11.012 (número não fornecido pela Hyundai)
Ford EcoSport – 7.617 (20% versões manuais) 1.523
Renault Captur – 6.174 (2,5% de versões manuais) 154
Renault Duster – 5.488 (40% de versões) manuais) 2.195
Citroën C4 Cactus – 3.615 (10,85 versões manuais) 392
Peugeot 2008 – 1.842 (3% versões manuais) 55

 

Siga nossas redes sociais