Hatch compacto recebe seu primeiro aumento de preços

Fiat Argo 1.8 PrecisionLançado em junho de 2017, o Fiat Argo tem seu primeiro aumento de preços. Com exceção da nova versão 1.0 que estreou em novembro, as demais 1.0 Drive, 1.3 Drive, 1.8 Precision e 1.8 HGT receberam reajustes que vão de R$ 490 a R$ 1.090.

Fiat Argo 1.0 DriveSite

Os novos preços já figuram no site oficial do fabricante, porém, há erro nas informações. A central multimídia que passou a ser de série na versão 1.0 Drive ainda é ofertada como opcional na lista de equipamentos do carro.

Reajuste

A versão de entrada 1.0 Drive teve aumento de R$ 990 ficando com preço sugerido de R$ 47.790. Já a opção 1.3 Drive GSR passou de R$ 58.900 para R$ 59.990 com o aumento de R$ 1.090.

A topo de linha 1.8 HGT equipada com câmbio manual teve seu preço reajustado em R$ 690. Agora, o preço sugerido da versão “esportivada” é de R$ 62.290. A versão 1.8 HGT equipada com transmissão automática ficou com o preço sugerido de R$ 71.390 com o aumento de R$ 790.

Veja mais

Fiat Argo ganhará nova versão de entrada por R$ 43.990

Confira nossa avaliação do Fiat Argo 1.8 Precision automático

Novos preços

Confira os novos preços do Fiat Argo:

  • Argo 1.0 – R$ 43.990
  • Argo 1.0 Drive – De R$ 46.800 para R$ 47.790
  • Argo 1.3 Drive – De R$ 53.900 para R$ 54.990
  • Argo 1.3 Drive GSR – De R$ 58.900 para R$ 59.990
  • Argo 1.8 Precision – De R$ 61.800 para R$ 62.290
  • Argo 1.8 Precision AT6 – De R$ 67.800 para R$ 68.290
  • Argo 1.8 HGT – De R$ 64.600 para R$ 65.290
  • Argo 1.8 HGT AT6 – De R$ 70.600 para R$ 71.390

Fotos | Marlos Ney Vidal/Autos Segredos

  • Pedro154

    A versão de entrada abaixo da Drive já estreou? Pensei que viria mais para frente!

  • marc

    Por mim pode ir para 100.000 logo, nao me interessei pelo Argo, a Hgt é bonita, mas pelo preço pedido e pelo motor 1.8 etorq não pegava, ainda mais porque lembro da época que Palio Sporting era 45.000 COMPLETO, e o bicho ainda vinha com teto solar, logo desembolsar 70.000 num Argo 1.8 etorq manual (Carro + seguro + emplacamento)e sair se achando o fodão não é normal, ainda mais o carro com o necessário partindo de 43.000 (mesmo conforto interno)

  • marc

    Tudo bem que dinheiro cada um faz o que quiser com o seu, mas não sei o que dizer de um cara que pagar + de 85.000,00 num Argo (carro com todos os opcionais + seguro + emplacamento), sendo um carro popular, genérico e partindo de 43.000 já com Ar, d.elétrica, e travas elétricas, mesmo conforto, só devendo detalhes

    • Ailton Junior

      o dobro ou nada kkkkk

    • Victor

      Não estabeleça uma meta. Ao atingir a meta de preço, dobre!

    • Louco por carros

      Culpa do brasileiro aceitar esse lixo. Safadeza das montadoras nos empurrar essa bomba. Com R$ 85 mil se comprava, Bravo T-Jet ou Punto T-Jet, ainda sobrava troco.

      • marc

        Bem lembrado, Punto T-jet era 67.000, eu lembro, e era um puta carro, acabamento lindo e esportivo de verdade

        • Raimundo A.

          Não vai causar por dois motivo ao meu ver: o HGT é outro nome para fazer o papel do Sporting do Punto; o 1.8 não rende como o T-Jet.

          A questão é se a FCA quando surgir possível oferta do 1.3 Tteria interesse numa versão ainda mais esportiva. Eu não vejo retorno pelo preço que tal versão alcançaria em termos de vendas, embora a HGT do Argo parece ter boa saída. É mais fácil vê-la que um 208 GT ou um Sandero RS que são mais esportivos em termos de mecânica.

          A VW sinalizar versões GTS para Polo e Virtus, isso se tiverem o 1.4 TSI, pois pode ser mais vestimenta esportiva que mecânica superior, pode não motivar interesse da FCA em ter algo acima do HGT. Os GTS da VW sendo mais visual, o HGT é o concorrente. Se os GTS usarem o 1.4 TSI, como disse, pelo preço que o Argo alcançaria, seria melhor investir em outro produto.

          A VW vir a empregar 1.4 TSI na dupla de compactos e estes com mais conteúdo teria com um dos motivos subida de preço do Golf FL e Jetta NG. Nessa ótica, seria possível versões ainda mais caras porque na verdade elas entrariam na antiga faixa de preço dos modelos médios em versões básicas ou intermediárias. O que estão cobrando pelo Golf 1.4 TSI permite criar Polo 1.4 TSI. Se venderá bem….

  • Ailton Junior

    Esses carros com ampla disponibilidade de versões tão virando a nova tendencia.
    Começa por 40.000 e vai até 80.000$ ou mais

    • Thiago

      Fiat sempre trabalhou assim

      • marc

        Não, tinha um limite, pelo menos do Punto pra cá, lembro do Punto Attractive 1.4 era 42.000 e a Sporting 1.8 48.000 e uns quebrados (não lembro se o ano era 2013 ou 14), a Fiat tá muito louca com esse Argo

        • Whering Alberto

          O Punto “sem versão” (1.4) era 37 mil Lulas. Isso lá em 2008. De lá pra cá a gente ficou rico demais, aí um Argo 1.0 custa 50 mil.

          • Lucas Campos

            Ja ouviu falar em inflação? faz as contas de quanto seus 37mil de 2008 valeriam hj só corrigindo pela inflação do período.

          • Whering Alberto

            Faz as contas e me diz se, de lá pra cá, o teu salário inflacionou nesta proporção.

          • Lucas Campos

            De 2008 pra cá meu salário aumentou uns 500% pelo menos, mas por outros motivos… Mas todo ano tenho dissídio coletivo que corrige conforme inflação.

          • Whering Alberto

            O mínimo tá aí, 957. Com certeza não inflacionou 500% de lá pra cá. Gente que ganha bem (seja qual for o motivo) acha normal a “inflação”. Tá explicado.

          • Whering Alberto

            E tá aqui a resposta: o salário é corrigido “conforme a inflação “, mas o preço dos automóveis é corrigido ao bel prazer do cartel das montadoras.

          • Lucas Campos

            Não é bem assim… em 2010 eu comprei um Gol Power 1.6 0Km por 37000. Hoje, esses 37000 corrigidos pela inflação dariam cerca de 59mil. Quanto custa um Gol Highline (que é a versão top assim como era a power em 2010) hoje? Aposto que está nessa faixa de preço… perto de 60mil.

          • marc

            Ele está certo, apesar de entender muito pouco sobre ciências econômicas com 37.000 se comprava um bom carro 1.4, hoje com 37.000 (que ainda é dinheiro pra caramba) não se compra nem um Mobi Drive, piorou um Argo com “telinha”

          • Lucas Campos

            Concordo que 37mil é muita grana ainda hoje, mas os 37mil de 2008 corrigidos pela inflação até hje, dariam mais de 72mil reais! Fiz uma conta básica considerando media de 7% de inflação em cada ano.
            As pessoas parecem desconsiderar totalmente inflação na hora de comparar moeda em períodos diferentes… ainda mais no caso em que a diferença entre as datas é de 10 anos. Impossível desconsiderar inflação…. vivemos no Brasil! Não é EUA onde não há inflação.

        • Thiago

          O tjet era 60k
          50% a mais
          Se o argo drive eh 48k
          O Sporting top seria 72k para estar equivalente

          • marc

            Ah ta, você quer comparar Argo Hgt 1.8, melhor, Argo Sporting 1.8 como você mesmo chama com Punto T-jet 1.4 Turbo, onde o motor vinha importado, apesar de ser leigo acho que você está perdido nisso aí..

          • Thiago

            não cara, estou falando que a fiat com uma unica plataforma atendia vários segmentos de carros e preços, do punto 1.4 attractive ao t-jet que ia de uma variação de preço de 35k a 60k na época
            hj faz o mesmo com o argo

  • Remison Teles

    Tudo pela metade do dobro. Kkk

  • Whering Alberto

    Superou a meta, foi? Que eu saiba, ele nem atingiu ainda.

  • Antonio

    R$ 70 mil num Palio…. Só aqui mesmo, Com essa grana, você compra um Fit, Fiesta ou Polo que são carros infinitamente superiores a essa fraude.

    • Até o Fit concordo, mas não gosto do estilo, claro, questão de gosto. Fiesta até acho que em acabamento e causar a impressão de carro maior e melhor do que realmente é, mas é a mesma coisa e o Polo, também podemos classificar da mesma coisa, questão de gosto. Palio é o gol.

    • marc

      Embora os precos de todos os carros estão a níveis absurdos, Pra mim, nenhum desses carros que você citou vale os 70.000,00 pagos, mas se fosse pra escolher, iria de Polo 200TSI, ainda achando que ele deve um bom teto solar panorâmico como o do Golf nessa versão

    • Milton-GT

      Desculpe meu amigo, mas pelos meus critérios o Fiesta é uma bosta de carro e pelo simples fato de você confundir Palio com Argo e por citar o Fiesta percebo que você não entende bulufas de carro

      • Rafael Lima

        Ainda bem que os seus critérios não representam nada

        • Milton-GT

          Do mesmo modo que seus critérios não representam nada.

          • Rafael Lima

            Mas não tô em fóruns falando como se meus critérios fossem realmente algo importante

          • Milton-GT

            Você está fazendo exatamente isso, neste momento.

    • supercars036

      Igual eu sempre digo, Polo e Argo são carros top, Muito melhor que Fit, Fiesta, e que a MERDA do Onix (Bateu morreu)

      • Vitor C

        Fit e fiesta ainda são excelentes carros, principalmente o fit que é o único com sistema ult, conjunto full led e etc, além de serem projetos globais e não remendo pra terceiro mundo.

  • Bruno Luís

    Palhaçada agora as cores sólidas vermelho e branco são cobradas 500 reais .

    • marc

      Sério isso ?? Onde vamos parar Brasil, a branca umas montadoras já ate cobravam, mas a vermelha sólida é piada

      • Bruno Luís

        Sério.

  • Joaquim Grillo

    lamentável esse pais

  • Raimundo A.

    Esses aumentos são para subsidiar o IPVA pago em promoções que já começaram a fazer. Não custa lembrar que mesmo em plena crise os veículos sofreram diversos aumentos quando o consumidor deveria ter preços mantidos ou reduzidos pela queda na demanda.

    Contudo, as montadoras não são bestas, então aumentam mesmo vendendo pouco para os que estão com a vida ganha comprarem e quando os outros voltarem a ter condições, vão pagar ainda mais caro e aceitam porque carro é status, necessidade básica para muitos.

    Até a pouco tempo, os compactos premium eram considerados nichos de mercado e alguns ainda especulavam possível fim. Bastou os médios terem preços cada vez maiores e veículos básicos/entrada da marca com valores que geram uma enorme cratera para os médios provocando a oferta de veículos com apelo premium.

    Depois tem gente reclamando da existência do Mobi cujo preço é inferior a 40 mil. Quando compacto que a maioria deseja começar em R$ 50 mil e os premium baterem nos iniciais R$ 60 mil, quem não tem dinheiro para estes e quer um carro novo vai apelar para subcompactos que não devem demorar muito, partirão de R$ 40mil.

  • Basil Sandhurst

    Incrível é pensar que vc adquire o Argo com ótimos descontos fora do preço de tabela.
    Porque não praticar logo um preço justo, catzo?

  • Razzo

    Aumento generalizado de preços dos veículos no Brasil no início de 2018 mesmo com inflação proximo de zero e dólar estável. A supressão do super-IPI para importados (com término do INOVAR AUTO) deve dar um fim à está farra destas multinacionais aqui instaladas.

    • Comentarista

      Os importadores já falaram que não vão cair os preços devido corte de 30 pp. segundo eles, tiveram lucro baixo pois custearam parte desse ipi.

      • Razzo

        Duvido.

      • Lucas Campos

        Se não baixar, vão continuar sem vender.

    • marcos

      Duvido pois alguma mala de dinheiro vai rodar por ai e já que uma mala só não comprova nada, como disse alguém que deveria fiscalizar essa quadrilha de Brasilia, Inovar Auto 2 a caminho não duvide….1 mala por semana 4 por mês isso em 20 anos…..pegaram só a primeira e será que continua, parou ou aumentou o valor, pois tem mais gente envolvida pra esconder o que foi descoberto, soltar os que foram presos(indulto de natal) e “estancar a sangria” como disse político influente…mas carnaval ta aí…copa do mundo….

  • hexa

    Impressionante essas montadoras. É só sair um expectativa de crescimento para 2018 que começam aumentar. O salário mínimo aumentou em torno de R$17,00. Que em 2018 as pessoas melhorem em conhecimento e sabedoria.

  • Carlos Gutemberg Carillo Sa

    Preço de carro no Brasil é uma aberração…daqui a pouco esses veículos compactos flertarão a centena de milhar de Real. É desanimador esse cenário, e pra piorar tem gente achando “barato” pagar uma fortuna pra colocar na garagem carros que em países decentes não custariam mais de trinta mil contos!!!