Quem esperava que a Renault fosse usar a coletiva online da última sexta-feira para revelar o Duster latino-americano se decepcionou. O modelo apareceu de forma parcial, só para não tirar o gostinho da apresentação do modelo no Salão de Buenos Aires, que abrirá suas portas para os jornalistas no próximo dia 15.

Embora seja praticamente o mesmo carro vendido pela Dacia e pela Renault na Europa, a versão que chega Às concessionárias brasileiras em novembro tem suas peculiaridades: grade dianteira com três barras cromadas, régua cromada sobre a placa traseira e, principalmente,  um painel completamente diferente, a exemplo do Duster que será vendido na Rússia. Na Europa o modelo usa o mesmo painel da dupla Sandero/Logan.Primeiro grande concorrente do Ford EcoSport, sob o capô ele terá os blocos de 1,6 litros 16v de 110/115 cv com gasolina e etanol e 2,0 litros de 140/143 cv (do sedã Fluence), no momento apenas com câmbio manual. Câmbio automático será adotado no futuro,e uma opção de motor Diesel é considerada pela marca.

Com informações do Novidades Automotivas

Acompanhe também o Auto Segredos pelo Twitter