Após um mês sendo oferecido no site da Peugeot, o conversível 308 CC foi oficialmente lançado hoje no Brasil. Tido pela fabricante francesa como um de seus modelos mais charmosos, o conversível conta com o motor 1.6 THP à gasolina de de 165 cv e tem boa lista de equipamentos, mas cobra bem por tudo isso.

Com teto rígido retrátil, que se abre ou se fecha em 20 segundos, até os 12 km/h, o modelo tem porta-malas com capacidade de até 465 litros. Para garantir o conforto de seus passageiros, uma rede anti-redemoinhos batizada de windstop pode ser erguida quando com o teto desarmado para suprimir turbulências do vento dentro da cabine.

O modelo chega para ocupar o posto do raro 307 CC, vendido entre 2004 e 2010, mas além do motor 2.0 traz o moderno 1.6 THP à gasolina, que gera 165 cv de potência (6000 rpm) e 24,5 kmgf de torque máximo (1400 rpm)acoplado a um câmbio automático sequencial de seis marchas.Entre os equipamentos de série figuram luzes diurnas de leds, sensores de obstáculos dianteiros e traseiros, ar-condicionado dual-zone, rodas de liga leve aro 18, bancos dianteiros com ajustes elétricos, com aquecimento e revestidos em couro, volante esportivo revestido em couro, sistema de som premium hi-fi da JBL, além de sistema multimídia com GPS e tela de 7” no console central, seis airbags, freios ABS + AFU (auxílio a frenagem de urgência) + REF (repartidor eletrônico de frenagem) e controles de estabilidade e tração. As lanternas tem LEDs, assim como as luzes diurnas.

O Peugeot 308 CC é proposto em versão única de acabamento, em três cores: Preto Perla Nera e Vermelho Babylone, ambas metálicas, e Branco Nacré, perolizada. O preço fica em R$ 129.990, R$ 10 mil a menos que o cobrado por um RCZ.

Fotos | Peugeot/divulgação