Após alguns adiamentos, finalmente o Citroën DS3 foi lançado no Brasil. Primeiro integrante da família premium DS, que logo contará ainda com os DS4 e DS5, o modelo chega com preço abaixo das expectativas, R$ 79.900, que o torna interessante frente a concorrentes como Audi A1, Mini Cooper e Volvo C30.

Sucesso na Europa e na Ásia, o DS3 desembarca no Brasil com o motor 1.6 16V THP (Turbo High Pressure) que gera 165 cv e 24,5 kgfm de torque máximo (1.400 rpm), sempre acoplado a um câmbio manual de seis velocidades. O sistema Overboost, que aumenta a pressão do turbo, está disponível na terceira, quarta, quinta e sexta marchas. A direção é eletricamente assistida.Nascido sobre a plataforma do novo C3, o DS3 tem 3,95 metros de comprimento, 1,71 m de largura e 1,48 m de altura, e seu porta-malas tem capacidade para 280 litros. Entre os equipamentos se série estão ar condicionado digital, sistema de som com seis alto-falantes e entrada para iPod, Bluetooth e comandos no volante controle de estabilidade (ESP) freio ABS com REF (repartidor eletrônico de frenagem), seis airbags, faróis com acionamento automático, sistema Isofix, controlador de velocidade (piloto automático), LEDs no lugar dos faróis de neblina e rodas de liga leve aro 17. Bancos em couro é um op~cional de R$ 2.900.As especificações técnicas são interessantes, mas o visual também. Ousado de nascença , o DS3 ainda tem à disposição pacores de personalização. As combinações de cores para carroceria são 8: Blanc Banquise (branco), Rouge Aden (vermelho) e Jaune Pégase (amarelo), além das metalizadas Noir Obsidien (preto), Gris Aluminium (prata), Gris Shark (cinza), Bleu Belle-île (azul) e Rouge Erythrée (vermelho), que podem vir com teto branco ou preto. Ainda assim, há 7 temas de personalização dos adesivos de teto (Plane, Onde, Map, Tribe e as faixas Natural, French Touch e Furtif) e ainda há quatro opções de cores para os centros das rodas (preto, amarelo, vermelho e branco). O painel ainda possui cinco opções de cores para seu centro.Fotos | Citroën/divulgação

Acompanhe também o Auto Segredos pelo Twitter