A Argentina acabou de receber a nova geração do Chevrolet Spark, que chega importado da Coréia do Sul. O hatch com a carroceria antiga, comercializado desde 2008 no país vizinho, não será mais oferecido. Apesar das dimensões compactas, o veículo ocupará uma faixa superior no mercado, acima inclusive do Agile. Mecanicamente, o motor 1.2 16V de 81 cv de potência substitui o 1.0 8V de 65 cv, enquanto o câmbio manual de cinco marchas permanece.

Apenas a versão LT será disponibilizada aos hermanos. O pacote de equipamentos é completo. Não faltam travas, retrovisores e vidros elétricos nas quatro portas, ar-condicionado, direção hidráulica, luzes de neblina dianteiras e traseiras, rodas de liga leve e sistema de som com leitor de MP3, entrada USB e seis alto-falantes. Duplo airbag e freios ABS também são itens de série. A Chevrolet oferecerá ainda um kit de acessórios, composto por spoilers, pedaleira esportiva, saída de escape exclusiva e sistema Bluetooth.

As melhorias, contudo, não sairão de graça para o consumidor argentino. O preço do compacto deverá sofrer um reajuste de aproximadamente 30%. Os valores oficiais serão divulgados em abril.  O fabricante ainda não revelou os planos em relação ao lançamento do Spark no Brasil, mas especula-se que o modelo seria um possível substituto para o Celta nos próximos anos.

Fotos | Chevrolet/Divulgação

Acompanhe também o Auto Segredos pelo Twitter

Quer equipar seu auto? Compare os preços antes no indiCAuto Auto Peças Online!