Quase ao mesmo tempo, recebemos dois veículos para avaliação: um Nissan March e uma Chevrolet Spin. O hatch, na versão esportiva SR, tem motor 1.6 16V flex de 111 cv de potência e 15,1 kgfm de torque (os valores são os mesmos independentemente do combustível), acoplado ao câmbio manual de cinco marchas. Já o monovolume, na configuração top LTZ, traz o conhecido propulsor 1.8 8V flex de 106 cv/108 cv e 16,4 kgfm/ 17,1 mkgf com gasolina e etanol, na ordem, associado à transmissão automática de seis velocidades.


Seguiremos o padrão que foi adotado em outras avaliações, comentando nossas impressões sobre o uso de cada um dos modelos separadamente, no dia-a-dia. Os testes completos serão publicados quando a estadia dos dois chegar ao fim. Os fabricantes interessados em ceder veículos para o Autos Segredos podem entrar em contato pelos e-mails marlos.vidal@gmail.com e contato@autossegredos.com.br.

Foto | Alexandre Soares/Autos Segredos