T-Cross chega em abril com motores 1.0 TSI e 1.4 TSI. Preços devem partir de R$ 85 mil
T-Cross
Foto | Mauro Cavalheiro

Rodando em ajustes finais, o Volkswagen T-Cross já está em produção na fábrica de São José dos Pinhais (PR). O leitor Mauro Cavalheiro flagrou duas unidades rodando em ajustes finais. Já é público que o SUV compacto terá motores 1.0 TSI e 1.4 TSI. O motor 1.0 Turbo terá opções de câmbio manual e automático, já o 1.4 trabalhará somente com a transmissão automática. A grande incógnita está no preço do SUV compacto. Estima-se que fiquem entre R$ 85 mil e R$ 115 mil.

T-Cross
Foto | Mauro Cavalheiro

De série

Entre os itens de série do Volkswagen T-Cross estão painel totalmente digital (Active Info Display), seletor de perfil de condução, bloqueio eletrônico do diferencial, Park Assist 3.0, suporte para celular no painel, quatro entradas USB (inclusive para o banco traseiro), iluminação da cabine em LED e acabamento com apliques no painel.

Segurança

A marca confirma que todas as versões do T-Cross terão controle eletrônico de estabilidade (ESC) e seis airbags (dianteiros, laterais e do tipo “cortina”).

T-Cross
Foto | Mauro Cavalheiro

Versões

O SUV será vendido nas versões Comfortline, R-Line e Highline, sendo que está última ainda poderá contar com o pacote Beats.

Tamanho

O SUV tem 4,19 metros de comprimento, 1,56 m de altura e 2,65 m de entre-eixos. O porta-malas tem capacidade para 373 litros com o banco em sua posição normal e 420 litros com o encosto do banco traseiro reclinado. A capacidade é menor que a dos concorrentes diretos: Honda HR-V, Hyundai Creta e Nissan Kicks. O Volkswagen T-Cross só tem porta-malas maior que o do Jeep Renegade.

Motores

O Volkswagen T-Cross 2019 será equipado com motores. 1.0 e 1.4 TSI. O motor 1.0 TSI tem potência de 116 cv a 5.500 rpm e torque de 20,4 kgfm entre 2.000 e 3.500 rpm quando abastecido com gasolina. Já com etanol, a potência é de 128 cv a 5.500 rpm e o torque também é de 20,4 kgfm entre 2.000 e 3.500 rpm. Nessa configuração, o motor trabalhará em conjunto com transmissão manual de cinco velocidades e automática de seis posições.

T-Cross
Foto | Mauro Cavalheiro

Já com motor 1.4, o SUV tem potência de 150 cv a 4.500 rpm não importando se tem etanol ou gasolina no tanque. O torque é de 25,5 kgfm a partir de 1.500 rpm. Assim com o propulsor menor, o 1.4 também trabalha em conjunto com a transmissão automática de seis velocidades.

Siga nossas redes sociais

Flagrou algum carro diferente, camuflado, com placas verdes (ou tudo isso) ou ainda tem alguma informação interessante e quer contribuir com o Autos Segredos? Envie para o e-mail contato@autossegredos.com.br. Ou ainda pelo nosso WhatsApp (31) 99547-4805.