A nova Dakota, que ainda demorará um pouco para ser lançada, já está dando o que falar no Brasil. Já havia a expectativa de que a picape fosse comercializada por aqui sob a chancela da Fiat (veja aqui). Agora, novas informações apontam para a possibilidade de o modelo chegar ao país pelas mãos da própria Chrysler, importado da Argentina. A empresa poderá produzir a nova geração na fábrica argentina de Ferreyra, em Córdoba.

De acordo com a nova estratégia comercial da marca, a picape passaria a se chamar Ram Dakota, abandonando o nome Dodge. A picape ainda estaria nos primórdios do desenvolvimento e o fabricante ainda não teria decidido se manterá a tradicional configuração com chassi ou se adotará uma estrutura monocoque.

A planta de Ferreyra está desativada há bastante tempo e não está claro se a Dakota seria fabricada exatamente nas mesmas instalações. A unidade foi erguida para produzir veículos da marca Jeep, mas permaneceu em atividade durante muito pouco tempo: foi inaugurada em 1997 e fechou as portas em 2000.

História bem parecida aconteceu aqui no Brasil. A Dodge começou a produzir a Dakota (foto) no Paraná, em 1998, mas já em 2002 as linhas de montagem foram paralisadas. Vale lembrar que a marca também teve uma fábrica em São Paulo,  na década de 1970. Será que agora vai?

Fontes | Car and Driver e Mega Autos
Foto | Dodge/Divulgação

Acompanhe também o Auto Segredos pelo Twitter