O Citroën C4 Cactus nacional será construído a partir da plataforma BVH1 já usada pelo Aircross eC3 e e também nos Peugeot 208 e 2008. Chamado de Projeto F3, o SUV francês chegará ao mercado de visual renovado como antecipamos em julho de 2016. A reestilização do Cactus será inspirada nas linhas da nova geração do C3 Aircross que estreou na Europa em junho.

Chegada

Em julho de 2016, os executivos da marca afirmaram que marca lançaria um modelo inédito por ano no Brasil até 2021. Porém, já estamos caminhando para o fim de 2017 e não há movimentação para a chegada do Citroën C4 Cactus nacional. O mais provável é que o modelo estreie somente em 2018. Somente agora os protótipos começam a ser flagrados com maior frequência. O leitor Geraldo Tamarossi fotografou uma unidade rodando no interior de São Paulo.

Motores

O Citroën C4 Cactus terá duas opções de motores no Brasil como nossa reportagem antecipou em julho. O SUV será equipado com o motor 1.6 16V FlexStart e também o 1.6 16V THP. O propulsor aspirado poderá ser acoplado aos câmbios manual de cinco velocidades e o automático também de seis posições. Já o propulsor turbo trabalhará em conjunto somente com a transmissão automática de seis velocidades.

O motor 1.6 16V FlexStart rende potência de 115cv a 5.750 rpm e torque de 16,1 kgfm a 4.000 rpm com gasolina, com etanol a potência é de 118 cv  a 5.750 rpm e o torque é 16,1 kgfm 4.000 rpm.

Já o propulsor 1.6 16V THP rende potência de 166 cv a 6.000 rpm e torque 24,47 kgfm  a 1.400 rpm com gasolina no tanque. Com etanol, a potência é de 173cv a 6.000 rpm e o torque é de 24,47 kgfm a 1.400 rpm.

Tamanho

Apesar de usar a plataforma compacta BVH1, as medidas do modelo nacional serão idênticas as do modelo europeu. O SUV terá 4,16 metros de comprimento, 2,60 m de entre-eixos, 1,73 m de largura e 1,48 m de altura.

Projeção antecipa visual do Citroën C4 Cactus brasileiro

Linhas

Com a reestilização o C4 Cactus perderá os famosos Airbumps como antecipamos em 29 de novembro de 2016. Tirando isso as laterais não terão alterações em relação ao modelo europeu. As portas também manterão o mesmo formato.

Na dianteira, o SUV terá conjunto óptico duplos, o principal é mais estreito, inspirado na nova geração do C3 Aircross europeu. O duplo chevrón fica destacado na grade que faz jogo com os faróis principais. O para-choque terá entrada de ar divididas em duas partes para o abrigo da placa de identificação.

Modelo brasileiro perderá os Airbumps das laterais como nossa reportagem antecipou em novembro de 2016

Já na parte de trás, o Citroën C4 Cactus terá novo para-choque mais robusto e lanternas traseiras com efeito tridimensional.

Interior

De acordo com nossas apurações, o Citroën C4 Cactus nacional perdeu muita coisa no acabamento interno em relação ao modelo europeu. Os painéis de porta foram simplificados. Já o painel é outro e o SUV ganhará uma nova central multimídia instalada na parte central.

Fotos | Geraldo Tamarossi
Projeções | Du Oliveira/Especial para o Autos Segredos

Flagrou algum carro diferente, camuflado, com placas verdes (ou tudo isso) ou ainda tem alguma informação interessante e quer contribuir com o Autos Segredos? Envie para o e-mail contato@autossegredos.com.br. Ou ainda pelo nosso WhatsApp (31) 99547-4805.

  • Império Babaca

    Motorzinho 1.6 não dá né? Parece que virou moda esses crossovers com motores de compactos…

    • mariostefa

      Motorzim 1.6 ? Tá por fora heim brother, num comenta do que vc num tem conhecimento. é um motor 1.6 ThP(leia no texto) motor turbo, Desenvolvido em parceria com a Bmw e equipa tbm os Mini

      • Filipe

        Ele tá falando da versão 1.6 aspirada.

        • Império Babaca

          Exatamente, estou falando da versão aspirada, até porque o 1.6 thp PROVAVELMENTE só virá com câmbio manual… Nesse segmento câmbio manual é mico.

    • Hugo Leonardo Dos Santos

      Pra ir pro shopping tá bom, hahahha

  • francis

    Muito moderno estilisticamente para o Brasil…

    • Cristiano Arruda

      Oi Cirilo! 🙂

  • Walter

    Pronto, já começam a capar o carro.
    E olha que pra simplificar esse painel de porta vai ser difícil, heim?
    http://cdn.eurekar.co.uk/uploads/images/large/citroen%20c4%20cactus,%20door%20detail_0.jpg

    • Anderson SP®

      Mas no caso do puxador de porta até concordo que mudem para o tradicional, esse aí se fosse feito da mesma maneira eles poderiam aqui usar o tal “couro ecológico” e com poucos meses esse puxador já estar esfarelando nas mãos dos donos.

      • Edson Fernandes

        O problema é que irão retirar todo e qualquer “encosto macio”. Ou seja, ele ficará ainda pior que isso.

  • Acacor

    Parece que a PSA me escutou e sabiamente está gradualmente estendendo o AT¨para o 1.6 aspirado e deixando a decisão pro consumidor.

  • Fagner Rafael.

    Um carro que conhecemos moderno na europa chegará aqui só com roda e lata? Só vai ter tamanho pelo jeito…

    • ELI HELL

      ué, mas lá na Europa ele também utiliza esta plataforma do 208/2008. Esta base continua em uso por lá.

      • Fagner Rafael.

        Não falei da plataforma, mas sim, dos equipamentos que vão tirar dele

        • ELI HELL

          Ah sim, entendi, isso é normal. Em fim, não gostei dele de qualquer maneira.

          • Fagner Rafael.

            a traseira é muito feia. vamos ver rs

  • Filipe

    Fora a depenação, ou como gosta de chamar a mídia, “tropicalização”, o que estraga o C4 Cactus são essas lanternas traseiras estilo anos 90!!

    • Cristiano Arruda

      TROPICALIZAÇÃO = ENGANAÇÃO.

      DIZEM QUE REFORÇAM OS CARROS PARA CÁ, MAS ELES VÊM COM MENOS SOLDAS, COM MENOS REQUINTE, COM MENOS AIRBAGS, COM MENOS BARRAS LATERAIS NAS PORTAS.

      • No_Name

        Se tratando de depenar estruturas para o terceiro mundo as francesas são mestres.

  • Ailton Junior

    só coloca um automático no 2008 1.6 Turbo. Não precisa de mais nada

  • GMM

    A citroen podia trazer uns de seus modelos vendidos na china, tem carros muito bacana vendidos naquele mercado, lá tem modelos diferentes dos Europeus poderia agradar o Brasil muito mais. tem um SUV citroen vendido na China que é muito interessante, maior do que esse cactus.

  • cefaf

    Chamar qualquer carro altinho de SUV é dose…

  • Anderson SP®

    Não foi dito na matéria, mas leva a crer que o C3 Aircross saia de cena com a chegada dele né ?

    • Neto ®

      Tudo indica que nao… o aircross deve parnanecer como suv de acesso, mais barato e o cactus como opcao mais cara e refinada… na faixo dos 80 aos 99mil…

  • Thiago Maia

    Isso é carro para substituir o Aircross. Nada mais do que isso. deveria vir mais barato que o Peugeot

    Só tem “emerson Fittipaldi” aqui`, querendo “motorzão”.

    Isso não é carro para 90 mil. É carro pra “mulher” (que gasta menos em carro, jovem ou quem quer um crossover mais barato.

    O HR-V tem 140 cv, porque esse carro, bem mais leve, deveria vir só
    com o 1.6 THP?

    Essa motorização é para Compass e Sportage.

    A preocupação deveria ser a “depenação” do carro e não a motorização. O carro é muito leve

    • Handlay P.B.

      Melhor ainda se o C4 Cactus ser muito leve. Com o motor 1.6 THP ele deve correr muito.

    • Para andar na média em 50 km/h em São Paulo? Está bom, não está?

  • Ilbirs
  • Jack B

    Acho que esse é o modelo europeu camuflado mesmo. A AutoEsporte flagrou uma unidade com a frente diferente e com retrovisores do 2008. Esse da foto está com os mesmos do vendido na Europa.

  • Raphael Del Bosque

    Ué eles falam que essa plataforma não comporta o motor 1.6 THP com cambio automático! O Peugeot 2008 sofre com isso pq a versão Griffe THP não oferece essa combinação! Na Europa essa combinação existe! Vai entender esse povo.

    • Rafael Lima

      O novo câmbio AT6 da AISIN é mais compacto, ele não servia nem nas versões aspiradas, teve que usar o AT4 por isso

  • Felippe2010

    Esse carro é muito esquisito, nem parece um Citroen, eu não compraria

  • Andre L W

    Mas o C4 Cactus sempre teve a plataforma do 208/C3.

    • dallebu

      Exatamente, isso que eu ia falar kkk

  • Handlay P.B.

    Aparentemente o C4 Cactus brasileiro será + comum e chato graças ao povo brasileiro de mente quadrada. Vai ser lançado com motor 1.6 FleStart, deveria vir com o motor 1.2 PureTech turbo de 130 cv. Ao menos a dianteira dessa projeção ficou bonita.

  • Cristiano Arruda

    Eu pensei que ele usaria plataforma do C4.

    • Paulo Lustosa

      Ele nunca usou plataforma do C4, e sim do C3

  • Dreidecker

    O Rabudo, o Tinhoso, está à caminho…

  • Pedro Neto

    Por isso que não vai para frente NUCA. Demora lançar o carro, já em uma versão reestilizada, depenam o carro e remendam em uma plataforma antiga

    • dallebu

      A plataforma é igual á do C4 Cactus europeu, lá ele também usa a plataforma do 209/2008, não sei porque a matéria destacou como se fosse uma diferença…

  • joao vicente da costa

    Fico imaginando em que faixa de preço esse carro chegará no Brasil… chuto na casa dos R$90k

  • Licergico

    hatch apenas .
    tem 1,48 m de altura .Nunca sera suv.

  • Allan Guimaraes

    A traseira tem proporções estranhas, em especial o posicionamento das lanternas, muito baixas. Mas de resto é acima da média para um SUV.

  • Pedro Neto

    Anotem aí: Mais um fracasso, mais um tiro no pé!!! Lançando um carro já de meia vidae adaptado à plataforma… gambiarra pra todo lado…

  • Cristiano Arruda

    Melhor será batizá-lo de C3 Cactus.

  • ocampi

    Os “Carmanja” não vão comprar este carro, apenas por este detalhe…….(não é por falta de grana).