Pulse será o nome do inédito SUV Fiat (Progetto 363)

240

Fiat Pulse foi escolhido vencedor entre as opções Domo e Tuo. SUV é construído segundo a Fiat sobre a nova plataforma MLA que dará origem ao SUV cupê do Projeto 363

Fiat Pulse será o nome do SUV conhecido até então pela alcunha de Progetto 363. Modelo fará sua estreia entre agosto e setembro deste ano com opções de motores 1.3 Firefly ligado aos câmbios manual e CVT e também no inédito motor 1.0 Turbo ligado ao câmbio CVT.

A Fiat afirma que a nova plataforma MLA permitiu usar nova arquitetura elétrica, novo conjunto de direção elétrico, apto a receber tecnologia ADAS, novas estruturas de bancos dianteiros e traseiro que também permitiu introduzir airbags laterais que protegem cabeça e tórax.

Ainda segundo executivos da Stellantis, o Fiat Pulse recebeu novo conjunto de suspensões e sistema de ar-condicionado revisto. O grupo também diz que a nova plataforma é mais segura em colisões frontais, laterais e traseira.

A Fiat não revelou as dimensões do Pulse e adiantou somente seu entre-eixos de 2,53 metros.

Entre os itens de série do Fiat Pulse estarão direção elétrica, airbags laterais, controles de tração e estabilidade, assistente de partida em rampa, faróis em Full LED, central multimídia, entre outros itens.

Concorrentes do Fiat Pulse

O Fiat Pulse chegará no mercado onde disputará a preferência do consumidor com o Volkswagen Nivus, Honda WR-V e o recém lançado CAOA Chery Tiggo 3X seus concorrentes diretos.

Pele

A nova plataforma MLA tem 7% de aços de aço endurecido por pressão, 7% de aço de baixo resistência, 20% de aço avançado de alta resistência e 66% de aço de alta resistência. A linha de força do carro também é nova, ela é a responsável por suportar todas as pressões que a estrutura do carro recebe, da suspensão e também pelos possíveis impactos.

As longarinas dianteiras ficaram 50% mais largas e suportam maior carga de colapso favorecendo a segurança dos ocupantes em colisões. Ela também recebeu nova estrutura de impacto lateral melhorando a segurança, novas travessas inferior e superior melhorando o conforto acústico e vibracional.

Mas todas as mudanças fazem parte do chamado underbody e são invisíveis ao olhos. A Stellantis não detalhou as mudanças na parte superior do monobloco. Já as partes visíveis, chamada de “pele” pelo fabricante rementem ao Fiat Argo como portas, para-brisas e vidros laterais.


Como é o visual do Fiat Pulse

O para-choque Fiat Pulse avança sobre os faróis e se encontra com o capô que é mais curto. O para-choque ganhou desenho que deixa o modelo cara de SUV, a grade lembra o formato da nova Strada e tem elementos filetados.

Na parte inferior, o para-choque tem outra entrada de ar também com elementos em filetes. Nas extremidades, os faróis auxiliares ficam destacados em grandes abrigos. O para-choque ainda terá uma parte em preto na parte inferior, esse aplique percorre toda a lateral do modelo incluindo as caixas de rodas seguindo até o para-choque traseiro.

VEJA TAMBÉM:

De lado, a receita inclui molduras nos para-lamas e apliques nas caixas de ar que acompanham toda a lateral na cor preta. O recurso serve para dar a imagem de carro mais alto, assim como a pintura em dois tons com teto flutuante.

Na traseira, diferentemente do VW Nivus e do CAOA Chery Tiggo 2, a Fiat seguiu a escola da Honda com o WR-V, que, em relação ao Fit, ganhou apenas nova tampa do porta-malas. O SUV do Progetto Fiat 363 recebeu nova peça para cobrir o compartimento de carga. A parte da lanterna que está na carroceria tem o mesmo formato do Argo, mas sua continuação na tampa está mais larga.

Para dar um ar mais robusto à traseira, a tampa tem um abaulado saliente que a deixa mais alta. A placa de identificação passa a ficar na tampa. Já o para-choque terá aplique em preto na parte inferior, dando sequência ao acabamento que percorre toda a lateral.

Fique por dentro das novidades.

Não fazemos spam! Leia nossa política de privacidade para mais informações.