Saveiro-Cross_00032A Volkswagen promoveu alterações para toda a família Gol na linha 2015, mas a cereja do bolo é a estreia do novo motor MSI, 1.6 16V da nova família EA211, tal como o 1.0 de três cilindros. É moderno, mas a potência de 110 cv com gasolina e 120 cv com álcool, o que não o coloca em destaque perante os motores similares do mercado mesmo sendo mais potente que o 1.6 8V. Por ora, ele equipará apenas os Gol Rallye e Saveiro Cross.

VW-Gol-Rallye-01

Novo-Motor-1.6-MSIFabricado em São Carlos (SP) o motor tem o mesmo diâmetro e curso do 1.6 8V, mas utiliza bloco e cabeçote de alumínio, o que sozinho foi responsável por uma redução de peso de 14 kg. Com o cabeçote de 16 válvulas – que tem coletor de escape integrado -, há também com duplo comando, sendo o de admissão continuamente variável. Como no 1.0 de três cilindros, há duplo circuito de arrefecimento, independente para o bloco e o cabeçote.

O novo 1.6 também utiliza o sistema de injeção eletrônica Bosch FlexStart, capaz de pré-aquecer o combustível, eliminando o tanquinho de gasolina.

O resultado em números são 120 cv de potência a 5.750 rpm quando abastecido com etanol e de 110 cv com gasolina à mesma rotação. O torque máximo chega a 16,8 kgfm com etanol e 15,8 kgfm com gasolina, ambos a 4.000 rpm. Vale lembrar que com álcool o 8v gera 15,6 kgfm de torque. Vale atenção a um ponto: o 1.6 8v passa a ser chamado de MSI, mesmo sendo da família EA111 e sem ter passado por alterações. É a nova nomenclatura para os motores aspirados sem injeção direta e com mais de 100 cavalos.

Gol-Rallye-Vermelho-Opera_00026Mas foram um pouco mais além do que só colocar um novo motor. Gol Rallye e Saveiro Cross (além de todas as Saveiro a partir de agora) passam a ter freios a disco nas quatro rodas. Coxins hidráulicos, isolamento acústico mais eficiente e embreagem maior também fazem parte das alterações.

VW-Saveiro-Cross-02

Além de equipamentos como ar-condicionado, I-System, faróis duplos, faróis de neblina, maçanetas na cor da carroceria, som com CD, USB, Bluetrooth e AUX, sensor de estacionamento e volante multiuncional, comuns entre Rallye e Cross, a picape ainda passa a contar com equipamentos como controle eletrônico de estabilidade (ESC), sistema de freios ABS com função off-road, sistema de assistência à frenagem (BAS), controle de tração (ASR) e assistente para partida em subida (HSA), e bloqueio eletrônico do diferencial, mas que não exige o carro parado para ser acionado – diferentemente da Strada -, além de ítens exclusivos da picape, como capota marítima, santoantônio, vidro traseiro com janela corrediça, rodas de liga leve aro 15” e os adereços da versão.

VW-Saveiro-Cross-04Já o Gol Rallye tem como exclusividade a segunda geração do câmbio automatizado I-Motion, que teria tido a comunicação do motor (Continental) melhorada com a central do câmbio automatizado (Magneti Marelli). A programação de trocas de marcha foi alterada, garantindo respostas mais rápidas ao comando do motorista.

O “resto” da linha

VW-Gol-Fun-01Conforme antecipamos há exatamente um mês, a Volkswagen realizou alterações entre os equipamentos de Gol, Voyage e Saveiro. A partir de agora, desde a versão de entrada o hatch e o sedã passam a contar com três encostos de cabeça no banco traseiro, chave canivete (sem controle remoto) e conta-giros, mas perde vidros dianteiros elétricos.

VW-Gol-Fun-02Para o consumidor comum a primeira opção é a versão Trend, que antes era um módulo de equipamentos com amenidades como aerofólio traseiro, luz interna com interruptor nas portas, antena e etc. Estes equipamentos permanecem e soma-se ainda coluna B com acabamento preto e travamento central das portas. Quem desaparece são os faróis duplos, porta-revistas nos encostos dianteiros e grade dianteira pintada em preto ninja , agora restritos às versões seguintes. Entre os opcionais, destaque para suspensão elevada e câmbio I-Motion para as versões 1.6.

VW-Gol-Fun-03Em seguida vem as versões Comfortline. Sim, ela está de volta e, inclusive, com opção de motor 1.0 e duas portas – no caso do Gol.  Além de faróis duplos e grade dianteira pintada em preto ninja, conta com frisos na cor da carroceria, iluminação do porta-malas, lavador e limpador traseiro, limpador dianteiro com temporizador, logo da versão, repetidores de seta nos retrovisores, I-System, para-sóis com espelho e iluminação nos dois lados, porta-revistas nos encostos dianteiros e sistema de som com CD-Player, Bluetooth, AUX e USB. Provavelmente será a versão mais comum a partir de agora.

VW-Voyage-Evidence-01As versões Comfortline ainda tem a disposição o pacote de equipamentos Fun, que inclui tecido exclusivo nos bancos, acabamento interno diferenciado, pedaleira esportiva, adesivos externos e volante revestido de couro.

Até aqui a lista de opcionais encolheu um pouco, mas ela só fica realmente pequena na versão Highline 1.6, que traz de série ar-condicionado, alarme keyless, faróis de neblina, frisos cromados, luzes de leitura na frente e atrás, maçanetas na cor do veículo (pelo visto, só nesta versão), pedaleiras esportivas, lanterna de neblina, retrovisores elétricos, rodas de aço aro 15”, sensor de estacionamento traseiro, tapetes, volante multifuncional e todos os vidros elétricos.

VW-Voyage-Evidence-02O Voyage ainda tem outra versão topo de linha, a Evidence, com frisos cromados na parte inferior das portas, rodas de liga leve de 16 polegadas em nova tonalidade e adesivo preto na coluna “B”. Por dentro, painel cinza-claro e revestimento dos bancos de couro Alcantara com dois tons, com tramas e costuras enviesadas se somam aos mesmos equipamentos da versão Highline.

VW-Voyage-Evidence-03No que diz respeito a Saveiro, as versões partem da Startline, agora apenas com cabine simples, que permanece sem pintura nos para-choques, sem calotas e direção hidráulica (de série em todos os Gol e Voyage). Além disso, perdeu os vidros elétricos. A novidade é que todas as versões passam a ter freio a disco nas quatro rodas. Em seguida vem a versão Trend – que antes também era módulo – e soma console central com porta-copos, chave canivete, direção hidráulica, faróis simples com máscara negra, grade protetora no vidro traseiro, para-choque na cor da carroceria, regulagem de altura para o cinto nas versões de cabine estendida, revestimento das portas com tecido, calotas, travamento central, vidros elétricos e retrovisores elétricos.

A versão intermediária Trooper, que se tornou raridade após o lançamento da versão Cross, resistiu à reestização mas não sobrevive para 2015. Depois da Trend, só a Cross Cabine Estendida…

Preços só devem ser divulgados dentro de duas semanas, quando a linha 2015 começa a chegar às lojas.

Fotos | Volkswagen/Divulgação