Um dos lançamentos da Ford para o do Automóvel de São Paulo, que abre as portas para o público na próxima quarta-feira, é o Ford Fusion 2013. O sedã mexicano começa a ser vendido em dezembro, quando o primeiro lote de 400 unidades da versão Titanium, com motor Ecoboost 2.0 de 240 cv de potência e tração integral (AWD), desembarca no país custando R$ 112.900. Versões 2.5 Flex e híbrida chegam em 2013, garantindo que os preços do modelo variem de R$ 80 mil a R$ 130 mil.

Criado sob as regras da estratégia “One Ford”, o mesmo modelo também substitui o Ford Mondeo na Europa. O design é baseado no conceito Ford Evos, apresentado há um ano e tem sua frente, que lembra esportivos da Aston Martin, como principal evidência da adoção da nova fase do design Kinetic, também notado pelos faróis estreitos e pelas lanternas traseiras em LED. A aerodinâmica recebeu atenção da equipe de desenvolvimento,permitindo que o Fusion tenha menor coeficiente de arrasto aerodinâmico do segmento, com a marca de 0,27 Cd.

O sedã tem 4,87 metros de comprimento, e ganhou 12 cm na distância entre-eixos (2,85 metros), perdendo, no entanto, 77 litros de capacidade no porta-malas, passando de 530 l para 453 litros.

O downsizing fez com o que o motor 3.0 V6 fosse substituído por um 2.0 EcoBoost de quatro cilindros. Este tem duplo comando independente de válvulas variável (Ti-VCT) e turbocompressor, gerando 240 cv e torque máximo de 34,7 kgfm. A transmissão é automática SelectShift de 6 velocidades, com “Paddle-Shift” atrás do volante. Nesta versão, com tração AWD, o Fusion tem consumo declarado de 8,1 km/l na cidade e 10,9 km/l na estrada, o que dá um consumo combinado de 9,1 km/l, em medições feitas de acordo com o Inmetro.

A lista de itens de série da nova geração do Fusion é composta por oito airbags (frontais, laterais, de cortina e de joelho); direção elétrica, freios ABS, bancos de couro, bancos dianteiros aquecidos, banco do motorista com ajuste elétrico em 10 posições e memória, banco do passageiro com ajuste elétrico em duas posições, abertura e fechamento global dos vidros, retrovisores elétricos com memória e retrovisor interno eletrocrômico.

Também estão presentes: sistema de alerta de mudança de faixa, piloto automático adaptativo com alerta de colisão e suporte de frenagem emergencial, retrovisores com capacidade de detecção de pontos cegos, sistema de estacionamento automático, abertura das portas por código (botões ficam na coluna da porta do motorista e ficam visíveis ao tocar no local), sistema Sync Media com tela LCD de 8 polegadas, comandos de voz em português do Brasil para funções de áudio, ar-condicionado, navegador e telefone, conexão Bluetooth, duas entradas USB, leitor de cartão de memória (SD card), som da marca Sony com 12 alto-falantes, entre outros.

Fotos | Ford/divulgação

Acompanhe também o Auto Segredos pelo Twitter

Curta o Autos Segredos no Facebook!