Reestilização do Volkswagen cross up! 2018 inclui para-choques, quadro de instrumentos, elementos internos de faróis e lanternas. Desempenho e segurança se destacam
Volkswagen cross up! 2018 tem preço sugerido de R$ 55.600

Por Paulo Eduardo

O up! foi lançado em janeiro de 2014 no Brasil. A reestilização ocorre agora. O menor carro da marca teve ligeira alteração de estilo e conteúdo para incrementar as vendas. O up! é o carro mais aclamado pela imprensa especializada pelas qualidades inegáveis. Construída com materiais nobres, a carroceria usa aços de alta resistência e o up! tem nota máxima no teste de impacto e de proteção aos ocupantes. Além disso, tem o menor custo de manutenção do mercado e consumo mais baixo entre os 1.0. Chassi muito bem acertado proporciona comportamento dinâmico previsível. Contorna curvas sem escapar da trajetória e é puro prazer de dirigir. Lembra um kart. Entretanto, o desempenho nas vendas fica atrás dos concorrentes Ford Ka e Fiat Mobi. O up! ainda não decolou nas vendas, apesar de todas as qualidades.

Traseira do Volkswagen cross up! 2018 ganhou novo para-choque e novos elementos internos das lanternas

Principais mudanças

As principais alterações externas de estilo são os para-choques mais largos nas extremidades, que parecem deixar o carro mais largo, novos elementos internos de faróis e lanternas traseiras. Aliás, a fita preta na lanterna traseira produz efeito visual estranho e parece demarcar a separação dos elementos. No interior, o volante forrado em couro agrupa comandos de som e telefone. O quadro traz instrumentos redondos bem maiores. Na versão testada, a Cross, o aplique em toda a extensão do painel central é brilhante assim como o sistema de som. A incidência do sol reflete nos olhos de passageiro e motorista, provocando desconforto. Faróis passam a ter acendimento automático, mas lanterna de neblina, item de segurança em condições de baixa visibilidade, foi abolida.

Outras novidades no Volkswagen cross up! são os sensores de chuva e crepuscular. Há função que deixa os faróis ligados por cerca de 30 segundos depois de travadas as portas, suporte para celular sobre o painel central e faróis de auxiliares com luz de conversão estática.

Apliques na carroceria

Permanecem os apliques de plástico na cor prata sob para-choques dianteiro e traseiro, rack no teto e molduras nas caixas de roda. O up! cresceu por causa dos para-choques e já mede 3,68 metros de comprimento. Havia passado de 3,60 m na versão aspirada para 3,65 m na turbo. A conectividade inclui tela colorida de 5 polegadas, com entradas auxiliar e SD-Card e porta USB (carrega bateria de celular) no suporte do celular.

Painel do Volkswagen cross up! 2018 ganhou novo quadro de instrumentos e novo rádio

No mais, é o up! de sempre. Um carro prazeroso de dirigir, com respostas imediatas do motor de três cilindros 1.0 turbo, que tem funcionamento suave e muita elasticidade. O turbo entra em ação antes de 2.000 rpm e também é muito suave. Os engates do câmbio são curtos, macios e extremamente precisos. Volkswagen é referência neste quesito. As relações de quarta e quinta marcha são muito longas privilegiando o consumo. Além disso, a relação do diferencial é 26% mais longa em relação à versão aspirada. Por isso, reduzir duas marchas encurta o tempo na ultrapassagem.

Direção

A direção com assistência elétrica tem peso adequado na estrada, mas poderia ser mais leve nas manobras. A posição de dirigir é ótima. Banco do motorista tem regulagem de altura. A coluna de direção conta somente com regulagem de altura, falta a de distância. O up! é muito rápido e consome muito pouco. O Inmetro ainda não divulgou consumo dos modelos 2018. A versão Cross é a mais pesada entre todas e, por isso, gasta mais. Mesmo assim, não gosta de frequentar posto de combustíveis. Detalhe: o desempenho é muito melhor com álcool. A suspensão é bem acertada, mas o amortecedor dá aquela pancada seca no fim do curso sobre depressão. Mais barulho do que desconforto. O rodar um pouco duro sobre piso irregular se deve à distância entre-eixos curta.

A Volkswagen continua devendo cinto retrátil de três pontos no assento central traseiro. Não combina com um carro tão refinado em segurança ter cinto abdominal ali. Há três apoios de cabeça. O encosto do banco não é fracionado. Rebate por inteiro, o que inviabiliza transportar bagagem comprida e um ou dois passageiros. O cross up! tem preço sugerido de R$ 55.600 e com sistema de som composition phone (R$ 1.400) e forração em couro sintético (R$ 830) sobe para R$ 57.830.

Ficha técnica

Motor
De três cilindros em linha, 999cm³ de cilindrada, flex, de 105 cv (álcool)/101 cv (gasolina) de potências máximas a 5.000 rpm e torque máximo de 16,8  kgfm (a/g) a 1.500 rpm

Transmissão
Tração dianteira e câmbio manual de cinco marchas

Direção
Tipo pinhão e cremalheira com assistência elétrica

Freios
Disco ventilado na dianteira e a tambor na traseira

Suspensão
Dianteira, do tipo McPherson; traseira, eixo de torção

Rodas/pneus
5,5×15”de liga leve/185/60R15

Peso
1.003 kg

Carga útil (passageiros+ bagagem)
407 kg

Dimensões (metro)
Comprimento, 3,68; largura, 1,65; altura, 1,50; distância entre-eixos, 2,42

Porta-malas
285 litros

Desempenho
Velocidades máximas, 183 km/h (a)/181 km/h (g); aceleração até 100 km/h, 9,3 segundos (a)/9,5 segundos (gasolina)

Consumo (km/l)
Não divulgado ainda consumo modelos 2018 pelo Inmetro

Fotos | Marlos Ney Vidal/Autos Segredos