Lançado às vésperas do Salão do Automóvel de 2010, o primeiro Renault Sandero GT Line durou até o ano passado, quando o modelo foi reestilizado. A versão retorna na linha 2013 com o visual mais trabalhado e uma versão ainda mais potente do motor 1.6 8v K7M. Embora o lançamento da linha 2013 de Sandero e Logan esteja marcado para o próximo 23 de agosto, a versão GT Line já começou a chegar nas lojas.

As fotos feitas hoje pelo Marlos revelam que dessa vez a Renault foi mais generosa nas alterações. Novo para-choque dianteiro tem parte inferior diferenciada e sem pintura, enquanto os faróis tem máscara negra. O logotipo “GT Line” continua na grade. Na lateral, destaque para as rodas de liga leve 15“ com pintura preta (que me parecem mais bonitas que a anterior). Há ainda retrovisores pintados em preto brilhante e o mesmo adesivo “esportivo” sob ele. Na traseira aparecem as lanternas do Sandero Stepway e aplique no para-choque que imita um extrator.

O interior combina elementos do Sandero Stepway Rip Curl com as forrações do antigo GT Line. O volante é revestido em couro com costura vermelha, que por sua vez combina com os apliques vermelhos nas saídas de ar e do quadro de instrumentos, que por sinal tem grafismo diferenciado.Sai o motor 1.6 16v Hi-Flex que gerava até 112 cv e entra um 1.6 8v Hi-Torque mais potente que o que será adotado nas demais versões. Segundo números fornecidos pela assessoria da Renault, nesta versão gera 98 cv (+3 cv)com gasolina e 106 cv (+1 cv) com etanol, enquanto o torque fica em torque de 14,5 (+ 0,7) e 15,5kgfm (+ 0,5), respectivamente. A velocidade final pode cair, mas o torque disponível em rotações inferiores e o consumo inferior deverão compensar isso… Você pode conferir mais detalhes sobre o motor aqui.

Uma unidade como a das fotos, completa, deverá custar cerca de R$ 40 mil.

Fotos | Marlos Ney Vidal/Autos Segredos

Curta o Autos Segredos no Facebook!