De acordo com o site australiano Go Auto a Chevrolet retoma em novembro as exportações do Omega. O modelo voltará a princípio com a série especial batizada de Fittipaldi (veja aqui). O lote inicial é composto por 600 unidades destinadas ao Brasil.

Apenas um motor será oferecido inicialmente – uma variação de 3.6 litros SIDI (Spark Ignition Direct Injection) V6 – com a capacidade de executar até 25 por cento de etanol (E25) que será equipado com o mesmo câmbio automático de seis velocidades que já equipa o Malibu , a Captiva V6 e que em outubro passará a equipar a Captiva 2.4 Ecotec (veja aqui).

Para o diretor geral de vendas e Markenting da GM Brasil Ronaldo Znidarsis a volta a volta da importação da Austrália é um retorno importante para a marca Chevrolet no Brasil.

“O Omega tem uma grande tradição no Brasil que datam de quando era produzido pela Chevrolet até hoje”, disse ele. “Ela representa o luxo, sofisticação e desempenho e é uma placa muito importante para a marca Chevrolet no Brasil, disse Znidasis.”

Agradeço ao leitor Lindeberg de Menezes Jr. que nos informou sobre a notícia no site australiano.

Fotos Chevrolet/Divulgação