A Nissan está fazendo de tudo para mostrar que irá lançar o hatch March no Brasil. A engenharia do fabricante circula com duas unidades de cor laranja e azul pelas capitais do Brasil, os dois protótipos foram flagrados em Florianópolis, Curitiba, São Paulo e na última sexta-feira (27/8) as duas unidades foram avistadas na minha cidade (leia-se Belo Horizonte). Pena que não passaram na minha frente, até cheguei a circular nos locais onde foram vistos, mas, infelizmente eu não os vi, pois meus olhos estavam voltados para a captura do Fiat Bravo zebrado. A tática da Nissan é despertar a curiosidade dos possíveis compradores de modelos da categoria.

O modelo já é fabricado no México na mesma planta na qual já saem Tiida nas carrocerias hatch e sedan, além do Sentra. Por enquanto somente o hatch está em testes no Brasil e as unidades destinadas ao mercado nacional usarão um motor 1.6 16V Flex com comando de válvulas variável e será inédito no país, já que não é um propulsor compartilhado com a Renault.

O March tem linhas modernas e simples, sendo que na dianteira os faróis, grade, capô e para-choque formam um conjunto harmonioso. As laterais tem desenho arredondado. Já a traseira tem um desenho mais simplificado, ou seja, simples e sem grande destaque visual. A carroceria tem 3,78 metros de comprimento, ficando longe de rivais como Fiat Punto (4,03 m), mas próximo de VW Gol (3,83 m) ou o Renault Clio, com a mesma medida.

Foto Nissan/Divulgação