Dois dois rappers caracterizados de engenheiros da Ford cantando “o luxo todo que eu tenho é do dinheiro de vocês. Pagando preço 1.8; por um carro 1.6” e um bando de belas modelos de biquíni dançando e bebendo champanhe ao lado de um Ford Focus, só porque ele custa R$ 3 mil mais caro. Você deve se lembrar dessa propaganda do Nissan Tiida, veiculada há algumas semanas, e que te fez rir um pouco. Mas a Ford foi à Justiça pedir a retirada do ar. A Nissan acatou a decisão.

Isso não bastou para a Ford. Houve um grande descontentamento entre seus funcionários em relação à campanha publicitária. Eles, que apareciam cantando sorridentes no comercial de lançamento do Focus, afirmam que não tem chafariz de champagne na sala de casa, nem dentes de ouro. E por terem sido ridicularizados, hoje estão enfurecidos com a montadora japonesa, e a Ford agiu por eles.

A montadora norte-americana entrou com uma ação criminal contra a Nissan na delegacia de São José dos Pinhais (PR), onde fica a sede da Nissan do Brasil. A ação está sendo movida sobre o presidente da Nissan, Christian Neunier, e outros diretores da montadora, alegando concorrência desleal, uso indevido da marca e a ridicularização de funcionários da Ford.

Talvez seja um ato estúpido. O comercial da Nissan foi quase que uma propaganda gratuita para o Focus – dizem que existe um Focus atrás das garotas -, pois o Tiida só aparece por uns poucos segundos. Existiria um espaço para a Ford propor uma campanha em resposta, justificando o preço mais alto do Focus – sim, isto é justificavel. No entanto, a Ford preferiu criar uma novela, e este é apenas o primeiro episódio.

Fonte | Estadão

Acompanhe também o Auto Segredos pelo Twitter

Quer equipar seu auto? Compare os preços antes no indiCAuto Auto Peças Online!