O Honda Fit 2018 começará a ser produzido em agosto. Reestilizado, o modelo será faturado para as revendas em setembro. O lançamento deve ocorrer no fim de setembro ou começo de outubro. O hatch ganhará retoques visuais na dianteira e traseira.

Mudanças

A reestilização do Honda Fit 2018 será restrita aos para-choques. O para-choque ganhou nova grade em formato de colmeia que tem um friso cromado posicionado acima do logo da Honda. O friso faz jogo com os faróis que ganhará somente novos elementos internos e manterá o mesmo formato do modelo atual. O hatch ganhou faróis com luzes de diurna de LED´s.  Já os faróis auxiliares estão com formatos mais agressivos.

Na traseira, as mudanças se resumem ao novo para-choque que tem novos vincos na parte inferior. Completam as mudanças lanternas com luzes de LED e um novo spolier.

Interior

O interior não terá mudanças profundas e de acordo com nossas apurações, a principal novidade do hatch é a chegada de uma nova central multimídia.

Versões

O Honda Fit 2018 deverá manter as mesmas versões da linha 2017.

Motor

No quesito motorização o Honda Fit 2018 não terá mudanças. O motor continuará a ser o 1.5 i-VTEC FlexOne, com controle eletrônico variável de sincronização e abertura de válvulas. Com etanol, o propulsor rende 116 cv de potência a 6.000 rpm e 15,3 kgfm de torque à 4.800 rpm – quando abastecido com gasolina, são 115 cv a 6.000 rpm e 15,2 kgfm à 4.800 rpm. Os câmbios são o manual de cinco velocidades e o automático do tipo CVT com conversor de torque.

Consultada, a Honda diz que não comenta futuros lançamentos.

Flagra

O leitor Marcelo Zanini flagrou um protótipo do Honda Fit reestilizado rodando em São Paulo.

Fotos | Honda/Divulgação e Marcelo Zanini (flagra)

  • Bruno Alessandri

    Impressão minha ou ficou mais feio?

    • souza89

      Fit já foi bonito haha?

    • Marcelo Cordeiro

      Não, amigo. O superlativo da feiura no modelo já existe, chama-se WRV! Fica difícil, até mesmo para a Honda, fazer algo mais bizarro!

      • Bruno Alessandri

        KKKK. o WRV é insuperável!

        • Rafael Neves

          Oi? Etios Cross??? kkkkk

          • Moreno Rocha

            Etios Cross é mais feio que bater em mãe e xingar a avó. Dia desses vi um AMARELO, doeu as vistas!

  • Ilbirs

    Bem que na versão brasileira da reestilização poderiam ser incorporadas as mudanças de acerto de chassi que vemos no Wesley Recreational Vehicle e que sejam aplicáveis ao Fit. Algumas são bem evidentes, como os reforços estruturais ligando dois pontos:

    http://www.autoentusiastas.com.br/ae/wp-content/uploads/2017/06/DSCF5037.jpg

    http://www.autoentusiastas.com.br/ae/wp-content/uploads/2017/06/DSCF5020.jpg

    http://www.autoentusiastas.com.br/ae/wp-content/uploads/2017/06/DSCF5027.jpg

    Outra mudança aplicável do Wesley é esse protetor de cárter com função aerodinâmica, que faria seu trabalho ainda melhor no Fit:

    http://www.autoentusiastas.com.br/ae/wp-content/uploads/2017/06/DSCF5053.jpg

    Porém, vamos ficar em dúvidas sobre se dá para aplicar no Fit o cáster mais inclinado na frente, que jogou 1 cm adiante o eixo dianteiro quando o mesmo monobloco é para fazer algo 99% urbano mas que tem aquele 1% que atola em qualquer pocinha. Com certeza haveria benefícios importantes em comportamento dinâmico considerando a menor altura livre do solo e, portanto, o centro de gravidade mais baixo do Fit quando comparado ao irmão bastardo.

    • wagner

      Aliás, a Honda poderia incorporar de vez a reestilização já feita na versão aventureira do Fit, porque essa é bem 1/2 boca.

      • Ilbirs

        Incorporar aquela frente erguida, totalmente desarmônica e que quebra justamente a maior marca de estilo do Fit (uma quase linha diagonal do pé dos faróis ao topo do para-brisa)? Sinceramente, prefiro que só mesmo os detalhes de acerto de chassi sejam aplicados, pois não comprometem a estética geral do Fit.

  • RenanK

    A únicas coisa que me importa: terá ESP?

    • Moreno Rocha

      Claro que não, rapaz! Honda é PREMIUM aqui, o carro por si só já é muito estável, não precisa dessas coisas! (Palavras de um vendedor do WR-V!)

      • G.Alonso

        Putz! Isso aconteceu mesmo? kkkk

        • Moreno Rocha

          Aconteceu, num estande aqui em Niterói. Tive que contestar o rapaz e dizer que isso era economia porca e desinteresse da Honda e dos clientes dela. Já ouvi algo parecido de um vendedor de Corolla, na versão do ano anterior. É dose.

      • Luciano Lopes

        Já ouvi isso tb…Não precisa de ESP de tão boa estabilidade. Ass. Vendedor Honda .

    • danielgermano lopesmoreira

      E precisa ????. Afffee se fosse um suv ai assim pq evitaria anti-burrice , agora Fit que nem anda tanto assim .

      • RenanK

        Assiste um vídeo de teste de ESC/ESP da Latin NCAP e vc vai descobrir pra que serve ESP, e não é só pra andar na neve ou prevenir abusos nas curvas…

        • danielgermano lopesmoreira

          Eu sei para que serve , não precisa de falar !.

      • Artur Barbosa

        Tendo telinha no painel já tá bom, né? Dá até para retirar os airbags…

      • Marcelo Cordeiro

        Precisa não, né? Bom mesmo é telinha multimídia para tirar onda com os amigos, rebaixar o “possante” e ficar “top”, “nave”… Quem precisa de itens de segurança na banânia? Só quem compra carro “para bater”, né? Quando leio comentários assim, torço para que as montadoras não tenham prepostos pesquisando opinião de clientes nas redes sociais. É realmente inacreditável!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

        • Luciano Lopes

          Meu Sandero 1.6 tem ESP , já testei e , se eu precisar dele , vai pouco ajudar , numa situação que já era . Vale muito mais a defensiva e habilidade .

        • danielgermano lopesmoreira

          Primeiramente , não sou boyzinho parra rebaixar carro e ficar igual mané . Agora já dirigiu Fit ?.
          Não é pq eu trabalho numa concessionaria da Honda, mas o carro é traz segurança ao dirigir, não sei em curvas .

      • Andre Franco De Campos

        Precisa e muito! Ja me livrei de cada uma com um new fiesta, que agradeço por estar aqui.

  • Lucas086

    Será que chega aos 90 mil?

    • Fael

      Tomará!! rs

    • Leonel

      E não dá de faltar compradores…

  • Kiyoshi Yamashiro

    Deveria atualizar o motor, pôr o 1.5 com injeção direta, diziam que a Honda tinha planejado lançar motor 1.0 turbo, mas parece que não vem tão cedo

    • Ilbirs

      1.0 tricilíndrico turbinado, pelo que sei, só virá mesmo na próxima geração do Fit, e aí falando mundialmente mesmo.

  • Ricardo Blume

    Nada de mais. E muito caro.

    • Milton Tavares

      Engraçado que não achei um modelo barato do Brasil, mesmo usado ainda é caro.

  • leonardo

    Traseira medonha.

  • luiz antonio vieira souza

    A tampa da mala continuará vulnerável a pequenas colisões?
    É só ler a matéria da quatro rodas deste mês que entenderá o problema

    • Daniel

      A impressão pela foto do flagra é que o parachoque vai ser um pouco mais saliente, como mostrado na Argh!entina
      Ou seja, parece que até que enfim terá um parachoque traseiro… hehe

  • Debraido

    De acordo com fontes internas, a mudanças mais profundas que acontecerão no FIT 2018 serão no preço e no bolso dos incautos.

  • Franco da Silva

    Quem conhece Fit CVT me conta uma coisa:
    Fiz um test drive e o carro ficava pulando, quase apagava, toda vez que reduzia muito, como para fazer a conversão em uma esquina. É normal isso?!

  • Daniel

    Novo Honda Fit 2018! Agora com uma exclusiva barra cromada na tampa do porta-malas. Garanta já o seu na concessionária Honda mais próxima!

  • AceOfSpades

    VW fazendo escola de reestilizado que ninguem percebe.

  • Leonel

    O que vai vir de mais agressivo nesse carro será o preço. Vai passar dos R$80 mil como se fosse comprar um pedaço de bolo. E não é fácil ser terceiro mundo, por aí tudo aplicando injeção direta e aqui, basta uma nova CMM e o povo fica feliz da vida. Cadê o ESP? Hill assist? Enfim, basta ser Honda, né…

  • V4nd3R

    Sacanagem!!! Kd o motor atualizado 1.5 de injeção direta?

  • Frederico

    É uma lástima o Fit não vir com o motor downsizing 1.0 turbo earthdreams.

  • festivaldoJapãoemSP

    tem hibrido

  • Filipe

    Baita carro! Pena oferecer tão pouco pelo preço cobrado!

  • Duh

    Que traseira feia!, deve ganhar um aumento de 7mil e vão comprar achando que tão levando um carro de luxo.

  • José Júnior

    E o apoio de braço?

  • Luiz Ramos Jr.

    passo… Tem motor mais forte no estoque não Honda?

  • Marco

    Foi reestlizado??? Jura???

  • Marcelo Cordeiro

    O Honda FIT recebe reestilizações mensais, no preço…

  • Elton V.

    Fica bem evidente no flagra que a Honda brasileira divergiu da reestilização japonesa e aplicou ao futuro Fit 2018 a mesma resolução usada pelo Fit norte-americano, recuando a tampa traseira e aplicando para-choques mais proeminentes para amenizar as constantes críticas dos proprietários do modelo atual quanto a vulnerabilidade da tampa a batidas e amassados. Vejam que o modelo japonês da foto mantém a tampa do porta-malas na mesma linha do para-choque, expondo a carroceria aos choques. Acho uma escolha acertada por parte da Honda do Brasil reparar essa insensatez estilística.
    Infelizmente, as lanternas agora presentes nas colunas do modelo japonês não tomarão lugar dos simples refletores do modelo brasileiro. Considero um detalhe que amplia a percepção de segurança e valorizam o estilo, dando-lhe um ar mais “premium”, emulando as lanternas da Volvo. Tomara que a marca não tenha economizado em segurança dessa vez e nos surpreenda com ao menos controle de tração e estabilidade, cessando o vexame histórico das marcas japonesas de suprimir esses recursos nos seus (caros) best-sellers produzidos por aqui.