Com a chegada postergada para 2018, o novo Fiat Ducato será lançado pouco depois do sedã Cronos. O modelo comercial chegará nas versões para chassi-cabine, furgão e passageiros nas opções curta e longa. O Fiat Ducato 2018 chegará ao Brasil importado do México.

Geração

Apesar do visual mais atual, o Fiat Ducato fabricado no México não é uma nova geração. O modelo conta apenas com a reestilização que estreou em 2014. Mesmo assim, fica difícil entender o por que de não importar o modelo mais atual para o Brasil.

Linhas

O Fiat Ducato 2018 que chegará ao Brasil tem a frente bicuda por conta dos grandes faróis. O para-choque do modelo também tem grande entrada de ar e abriga o logo da marca no centro.

Motor

O novo Ducato manterá a mesma opção de motor que equipava o modelo fabricado em Sete Lagoas (MG), porém com mudanças para atender novas normas de controle de poluição. É esperado algum ganho de potência e torque. Atualmente, o propulsor 2.3 turbo que rede potência de 127cv a 3.600 rpm e torque de 32,6 kgfm a 1.800 rpm.

Fotos | Marlos Ney Vidal/Autos Segredos

  • Ilbirs

    Como será importado do México, que ninguém aqui venha reclamar que está vindo para cá uma geração nova com frente antiga, pois por ora essa é a frente do RAM Promaster, nome que o Ducato de segunda geração adota na América do Norte:

    http://st.motortrend.com/uploads/sites/10/2016/10/2017-ram-promaster-1500-low-roof-cargo-van-angular-front.png

    Como o que estamos vendo é um Promaster com outra grade, fica compreendido o motivo de a frente ser a antiga. A julgar pela foto de abertura da matéria, a FCA ao menos fez a troca dos faróis de especificação norte-americana (da qual estaria dispensada pelo acordo Brasil-México) por outros de especificação europeia, como poderão ver pelo comparativo estético que deixo abaixo:

    https://www.autossegredos.com.br/wp-content/uploads/2017/11/Flagra-novo-fiat-ducato-2018.jpg

    https://s3-eu-west-1.amazonaws.com/static.bisonparts.co.uk/products/large/14513.jpg

    http://4-photos7.motorcar.com/used-2016-ram-promaster_cargo_van-promaster-11015-16028025-8-1024.jpg

    Há também o contexto a ser considerado, que é o de consumidores de comerciais leves terem um padrão de compra bem mais racional que o de carros de passeio. Portanto, a eles não importa uma mudança já existente na Europa, pois o que importa é a capacidade geral do veículo. E nesse caso o que temos é até mais do que se espera no caso dos faróis, pois a unidade é biparábola com refletores simples e, portanto, sendo esperada boa iluminação por estarmos tratando de focos dedicados a uma determinada função.
    Outra mudança que espero por aqui é a de termos a fileira dianteira com três lugares. Isso é opcional na América do Norte, mas por aqui é preferido aos bancos individuais, aqui devido ao gosto local, diferente do americano, que nesse caso dá preferência a apenas dois lugares.

  • claudio

    E o Palio nada ate agora a própria Fiat esta matando aos poucos!

    • Raimundo A.

      O Argo elimina versões mais caras dele e o Punto. O planejamento previa produtos distintos para substituir Punto e Palio e ainda há o Uno. Eu considero que um sucessor para o Uno eliminaria de vez o Palio, mas vi vídeo recente dos Acelerados com a participação do Jorge Moraes, Auto Motor.
      O Jorge em primeira mão divulgou, fontes bastidores da Fiat, que a montadora estaria preparando um Argo mais barato para combater mais a concorrência.
      Isso se confirmando, pode eliminar o Palio, exceto se este via bons descontos seja mantido para frotistas.

      • claudio

        Pois e esse Argo e horrível mistura de hb 20 com gol e mobi ; o Palio e muito mais bonito que esse Argo; e também esse Uno ! Aqui na minha cidade na concessionária Fiat tem Argo ,Mobi e Uno aos montes e Palio nem a versão Attractive 1.0 se encontra! Acho um absurdo a Fiat fazer isso com um modelo que lhe deu tantas vendas acabar assim ! O tal Uno ganhou novo motor , direção elétrica e mais outras tecnologias que a Fiat pois nele o nosso Palio nem atualização do motor ela o fez no modelo ! Creio eu que ele ainda ganhara uma sobrevida como linha 2018 ate o fim do ano que vem pelo menos na versão Attractive 1.0 ; por que as outras impossível de achar (Sporting e Essence) e ainda configuram no site da marca ! !Esses dias mandei uma solicitação de proposta no próprio site (monte o seu) para um Palio Essence completo nem resposta me deram ! Enfim o Punto nem se fala ja saiu de linha agora o Palio ; o que sera que a Fiat esta preparando para ele estamos acabando o ano e nada de novidade para o modelo que nem na lista dos 20 mais vendidos aparece mais ! Pena acabar desse jeito um modelo que ainda tem uma carroceria moderna e pelo menos para mim mais bonita que esse Argo!
        Obter o Outlook para Android

        • Pedro154

          O Palio atual é de 2011, tem motores antigos e pouca segurança. O Argo sim é moderno, tem mais equipamentos de segurança e é maior. Talvez o erro da Fiat foi não tê-lo chamado de “Palio”, mas ele é o substituto natural do Palio.

          • claudio

            O certo era ter deixado o Uno no lugar do Palio Fire G3 e sim investido no novo Palio 2011 /2012 ; como fez no Uno mas não fez o contrário deixando o Palio de lado esquecido ! Eta italianos doídos vai entender! Agora esse desenho desse Argo não me convence de jeito nenhum pode ser ate seguro mais sofisticado interiormente mas mesmo assim e horrível! Sou mais o novo Palio de 2012 mesmo!
            Obter o Outlook para Android

          • marc

            O Argo é horrível até você poder comprar um, aí fica Lindo

        • Djalma

          Esse já morreu, não tenta ressuscitar não!

        • marc

          Cara o Palio saiu de linha, você não aceita, na era da informação fácil comprou sem pesquisar antes aí tá insatisfeito, Obs: o Argo é bem melhor que o Palio

          • claudio

            Aonde você viu que o Palio saiu de linha pelo que sei a Fiat tirou oficialmente o Punto ! O Palio ainda configura no site da marca! Agora estou muito satisfeito com o meu e não troco por esse Argo nunca nem para ficar lindo!

          • marc

            O Punto também configura no site, pois quem perde é você, de aproveitar um boa direção elétrica que o Argo oferece, motores mais modernos e econômicos, computador de bordo preciso, Uconnect show, o motor Firefly 1.0 é muito melhor que o fire Evo 1.0, nem tem comparação, ainda mais no porte do Palio, e o Firefly 1.3 perto do 1.4 então nem se fala, mas tudo bem, fique feliz com seu Palio, ainda se fosse a versão 1.6 com teto solar e tudo até entenderia o chamego

          • claudio

            mais pelo estética no caso o exterior comparando os dois modelos entendeu! Mas gosto e gosto cada um tem o seu ! Outra coisa estou satisfeito com o meu porque foi o que pude comprar graças a Deus tirei ele 0km completo! Abraços!

          • claudio

            Complementando ! A questão que me refiro!

  • Rafael Tardelle Lima Silva

    Pelo pouco visto camuflado, essa frente do novo Ducato vai ficar bastante agradável e bonita!

  • Maycon Farias

    “Foi a 84 anos” que este carro ja está em nova geração. Foi líder disparado por tanto tempo, não entendo porque demorou tanto. Depois de não conseguir mais a liderança vai ser bem feito.

  • Marcelo Cordeiro

    E a Dobló, a FIAT simplesmente abandonou o modelo, juntamente com a Weekend. O que eles pretendem fazer? No configurador da FIAT, a weekend tem “modelo” 2018. Contudo, a Dobló só tem 2017!!

    • claudio

      Não so como o Doblo mas também o Palio que ainda configura como linha 2017 mas creio que logo passara para a para linha 2018 com alguma modificações!

      • Robison Adada

        Doblò já é 2018. O site que ainda não foi atualizado. Se procurar na concessionária, já pode pedir o carro ano 2018.

  • Milton-GT

    Sou italiano e portanto tenho simpatia pela Fiat, uma empresa do meu país, mas não posso ficar calado frente a idiotice que ela segue fazendo no Brasil. Acho que o problema surgiu quando resolveram deixar a Fiat Brasil desenhar os carros que o brasileiro quer. Mas parece que a Fiat Brasil não tem a menor ideia do que o brasileiro quer. O único acerto da Fiat nos últimos anos foi a Toro, mas o resto foi uma, com o perdão pela palavra, agada atrás da outra. Explico:
    1) Mobi, porque lançar esse bagulho? Porque não lançar uma versão atualizada do Uno Mille? Que aliás que foi o melhor Fiat dos últimos 20 anos.
    2) Argo, não agradou aos compradores do Palio e nem aos compradores do Punto. Vocês sabiam que existe o Punto italiano com o visual do primeiro Bravo e com todos os itens presentes no Argo? Só que o Punto italiano tem um motor 1.4 que funciona com Gasolina e GLP junto!. Não sei como isso funciona mas sei que o desempenho do motor é muito bom. Esse Punto eu queria, mas o Argo, argh. nem de graça. Vou continuar com meu Punto 2009 até onde der. Depois se não tiver jeito, troco de maraca.
    3) Uno, parece um contrassenso, mas atualmente é o melhor que a Fiat tem a oferecer, só nunca vou entender porque o chamaram de Uno, se tivessem posto o nome correto; PANDA, talvez ele tivesse vendas melhores, isso porque o nome Uno.remete ao Uno inicial aquela maravilha de que o Uno atual não chega aos pés. Entendam que o Uno italiano foi substituído pelo Punto. E aqui substituíram o Uno por outro Uno, só que inferior ao Uno original!! Preciso dizer mais?

    • claudio

      Concordo plenamente com você (Argo não agradou compradores de Palio e compradores de Punto) o carro sem graca sem harmonia esse Argo ,sou mais o novo Palio; agora e lamentável que esses italianos estão fazendo com o Palio !Algum plano a Fiat ainda tem para o modelo! Sair de linha acho que ainda não! Mesmo com esse Argo e Uno !

      • Milton-GT

        Infelizmente a Fiat pretende tirar Palio e Punto da linha, o Palio ainda vai durar um tempo com o motor 1.0 Fire, porque não colocar o Firefly no Palio eu não sei, mas para mim é algo insano, Aliás eu tiraria o Uno de linha e deixaria o Palio em seu lugar, com algumas alterações estéticas e com os motores Fireflay 1.0, 1.3 e ainda com ESP e direção elétrica. Acho que venderia muito. Quanto ao Punto, deveriam tê-lo remodelado conforme o atual italiano e não ter lançado Argo nenhum. Mas enfim a Fiat supostamente sabe o que está fazendo, eu sou só um leigo, mas se derem com os burros n’água verão que o mercado tinha razão.

        • claudio

          Então concordo com você! Mas fizeram o contrário investindo nesse Uno e ate o tal Mobi ganhou novo motor etc ;e esperar para ver !Vai entender!

        • marcos

          Ela elevou o nível do Uno por causa do Mobi e afundou o Palio nessa ponta de mercado e agora terminou de matar na outra ponta com o Arhhhgo…vai entender.
          Pra min o Palio seria o único produto Fiat que poderia tentar algo no mercado em termos de volume de vendas com apenas um tapa no visual e motorização adequada e talvez até unificando chassi dele e do Gran-siena, seria um Gran sem porta-malas com medidas de entre eixos de Onix e Hb20. Tava tudo pronto era só alterar a rota e não afundar o navio como a Fiat fez também com Linea Bravo Idea e nao demora Punto

        • Milton Tavares

          No momento o Argo vende muito bem, acho que de cara o design não agradou muito os consumidores, mas já está entre os seis mais vendidos.
          Modelo não agradou logo de cara, mas parece que esse fato está sendo superado, sinceramente não acho o modelo tão feio como a maioria fala aqui.

          • Milton-GT

            O Argo vendeu bem o último mês a custa de muita propaganda e por causa da promoção.
            Não acho que ele seja feio, mas a frente não agrada muito, somente a traseira é bonita. Mas que o Punto do Giugiaro é muito mais bonito, lá isso é.

        • Eu sou o Liquour

          Argo acho que não vendeu pois é um carro brochante. Pelo menos todo mundo esperava aquele carro esperançoso que é o Tipo italiano. Quando notou que era um carro abaixo dele, foi algo desanimador. Ainda mais versão “esportiva” com um 1.8 ultrapassado.

    • Thiago André

      Sobre o Novo Uno, seria ideal dar um Sobre nome como dito, Uno Mille porém com mesmo design do atual, com uma versão Mille sendo em conta e completa com o básico necessário. Ar, direção, vidros e travas elétricas.
      Uma versão do Atual Palio com sobre nome Fire e completinho com o necessário e preço dentro do que era praticado. Tudo isso sem a necessidade do Mobi.

      • Milton-GT

        Não acho, pois o Uno atual não agrada mais ao mercado, ele tem um desenho estranho que não agrada ao brasileiro, acho que o Palio redesenhado se sairia melhor.

        • marc

          O uno agrada sim, vejo vários rodando, inclusive Firefly, o que acontece é que o carrinho ficou muito caro, a 1.3 completa assusta o preço, e a Fiat já não faz marketing para ele, que fez o erro de reestiliza-lo em 2015 com mecânica velha, o único na família que permanece com cara da família Palio 2011, aí o pessoal prefere Mobi Porquê parece novidade

          • Milton-GT

            marc, acabei de consultar a Fenabrave, Em outubro/2017 o Uno foi o 35º carro mais vendido com 1.439 unidades, ficou atrás do Up! (25º) e até do Siena (29º), me desculpe mas isso não é vender bem.

      • marc

        Agora não adianta, o Mobi já é uma realidade e está vendendo bem, até não o reprovo no 1.0 Firefly porque a proposta é interessante para uso urbano, acho um erro também a Fiat posicionar o uno onde antes era o Palio, mas o Argo não deixa de ser uma nova geração do Palio, tem 1.0 e tudo

    • DPSF

      E nada do Tipo europeu… Quem tem bravo ou linea tá orfão no line up da FIAT. Querem empurrar Toro ou Jeep aos antigos clientes de carros mais caros da montadora italiana. Agora com o fim do Inovar Auto a FIAT vai ter como escapar das cotas e poderia mto bem trazer o Tipo hatch, sedã e s.w. para preencher as lacunas.

    • mjprio

      Concordo com vc. Mas a propria FIAT que nao investiu no velho Mille argumentando que ele nao tinham como receber AB2 e ABS ( sendo que houve fiorino com AB2)
      Eu vi um Argo essa semana num show room de um shopping aqui de Manaus. Era o HGT. Ate bonito por dentro e com bom espaço. Mas nao consegui engolir o desenho externo. Não sugere a esportividade de um Punto nem o equilíbrio do Palio.
      O

      • marc

        “Mas nao consegui engolir o desenho externo. Não sugere a esportividade de um Punto nem o equilíbrio do Palio.” Opinião sua ok, o Argo remete sim ao Palio e pouco de punto, exagero tremendo seu, ainda mais para um dono de Versa, aquele sim que não dá para engolir mesmo

        • mjprio

          Vamos la. O Versa e um projeto bastante racional do segmento compacto, cujas qualidades em muito suplantam a questao do design polêmico ( com o qual ja me acostumei e nao parece comprometer tanto as vendas). Ja o Argo, ainda que nao seja feio, nao me fez “engolir ” porque ficou muito genérico, levando em conta o bom desenho do Palio e o desenho estiloso do Pinto. Com suas fracas vendas e sucessivas promoções feitas pela FIAT, parece-me que nao so eu mas o público também nao engoliu.
          A Fiat tinha que trazer o TIPO. O modelo e muito bom. Andei nele na Turquia e tinha tudo para ser um novo filão de produto no Brasil, caso viesse com um pacote e estratégia de precos agressiva pela montadora.
          Na Europa em média o modelo com motor 1.4T ai em torno 18 mil euros o que da no câmbio de hoje 70 mil reais.

    • zekinha71

      Vc que é fã da Fiat não está gostando do que está sendo lançado, imagina quem não liga pra marca.
      Parece que na Fiat estão com preguiça, na hora de criar algum produto deve rolar um: vamos fazer qualquer coisa e ver o que vai dar.
      Já tive vários Fiats mas ultimamente, não tenho nenhuma vontade de entrar em uma ccs, única opção seria a Toro se estivesse afim de uma pickup.

      • Milton-GT

        É que toda a decisão sobre lançamento de qualquer carro é tomada pela Fiat do Brasil.

    • Juarez Wiersbicki

      É verdade, eu, ja mudei de marca apesar de não ter sido melhor opção, porem com atualização constante. Sempre tive veiculo fiat, mas quando optei por uma categoria melhor, a fiat deixou virar uma coisa do passado, não suporto isso, vejo os outros paises com veiculos bem melhores e mais completos, mais barratos, e nós aqui, só faltando por os burros na frente, por que se fosse possivel certas montadoras faziam até sem motores, um descaso total, o exemplo da insistencia em produzir a kombi naquele projeto, cuja frente, totalmente vulneravel a colisão, e caso conseguissem iriam continuar fabricando, lamentavel,

  • claudio

    E uma pena mesmo liguei agora na concessionária Fiat e perguntei sobre o novo Palio se estavam fazendo pedidos do modelo (So para saber)e o vendedor me disse que não foi o ultimo ano dele ;nem para a versão 1.0 estão fazendo pedido ! Me parece que a Fiat encerrou sua produção de todas as versões ate a 1.0!! So restam algumas unidades nas concessionárias do Brasil se achar!Mais a Fiat ainda não divulgou nada a imprensa oficialmente!

    • invalid_pilot

      Mas isso era obvio após chegada do Argo.

  • mjprio

    FIAT, que tal um tapa nesse motor pra uns 140CV? Ou usar um motor IVECO mais moderno. ( nao precisa ser o 3.0 pra nao bater de frente com o Daily)

  • zekinha71

    Vem aí uma nova van velha.

  • Felipe

    Três vezes uma palavra: Atraso, atraso, atraso!

  • Éder Sibilin

    Galera não adianta chorar. A FIAT está passando por um momento dificil, procurando se vender para grupos maiores, querendo fazer alianças para se reerguer… Eu nunca fui fã de FIAT, mas sempre admirei o Design de alguns carros, pois Italiano sabe msm desenhar carros, mas de uns tempos pra cá a FIAT está com os carros mais desatualizados do mercado!!!
    É o mesmo que aconteceu com a GM anos atrás! Estava meio quebrada e foi deixando o line-up velho, tentando sugar tudo o que podia para mandar pra fora. Infelizmente não vai mudar tão cedo isso.

  • Bruno Gomes

    Mobi, Uno, Palio e Argo ao invés do Tipo.
    Nova geração da Ducato com visual antigo.
    Extinção do Bravo, Punto e Linea podendo reposicionar os modelos com os motores recalibrados e um câmbio automático de verdade.
    Insistência da Weekend e Dobló (de primeira geração) num segmento cada vez mais morto quando poderiam introduzir o 500X no mercado numa faixa que não brigasse com o Renegade (O mesmo feito com Journey e Freemont).
    E pra finalizar, o erro em não produzir o Tipo Sedan e sim um projeto local derivado de um hatch que ainda não caiu na graça do público.
    Difícil de engolir esse lineup atual da marca com exceção da Toro, mancada atrás de mancada. Tá seguindo a receita da VW e da Chevrolet.