renault_sandero_rs_configuradorDisponíveis no configurador do site da Renault, Sandero RS e Sandero GT Line abusam de adereços estéticos para passar esportividade. Sabemos também que o RS vem com conjunto mecânico diferenciado das demais versões, com motorização 2,0 litros, 16 válvulas, com até 150cv e caixa manual de seis marchas e seu único opcional serão as rodas Gran Prix, de 17 polegadas em alumínio . O GT Line não traz muitas novidades na parte mecânica, que vem com o conhecido 1,6 litro, oito válvulas, e até 106 cv, podendo ser acoplado às caixas manual ou automatizada Easy’R, ambas de cinco velocidades.

Ambos já vêm com ar-condicionado automático e podem ser equipados com central multimídia MEDIA Nav Evolution, com GPS, Bluetooth® e rádio, além de acesso ao Facebook e Twitter, web rádios via smartphone e até mesmo câmera de ré. Descontando as diferenças de conjunto propulsor, quem tem duas novidades importante é o Sandero RS, equipado com direção eletrohidráulica, hidráulica no restante da gama, e botão seletor RS, com três níveis de programação da central de injeção eletrônica: Normal, Sport e Sport +. No último modo o ESP (Eletronic Stability Program) é totalmente desligado.

renault_sandero_gtline_configuradorFotos | Renault/Reprodução