Renault_Alaskan_Concept_1Fruto de uma parceria entre o grupo Renault-Nissan e o grupo Daimler AG, a Alaskan, picape que abre a participação da Renault no segmento de caminhonetes com capacidade de carga acima de uma tonelada, teve suas primeiras imagens reveladas. Com base da Nissan Frontier, arquitetura NP300, recebeu desenho exclusivo para atender a demanda dos clientes da marca francesa.

Na américa do Sul, será produzida em Córdoba, na Argentina, juntamente com a nova Nissan Frontier e a picape da Mercedes-Benz, fruto também desta parceria. Representa ainda a entrada da Renault num segmento pouco explorado pelas marcas europeias, o das picapes médias/pesadas, dominado pelas japonesas e americanas.

Renault_Alaskan_Concept_6Na Europa deve vir com motorização 1,6 litro a diesel, da família dCi, com dois turbos, 160 cv e 38,6 kgf.m, semelhante ao que vai equipar as vans Traffic e Master. No Brasil, contudo, é esperado conjunto mecânico congênere ao da Nissan Frontier, com motor 2,5 litros, também movido a diesel.

As imagens mostram uma picape com desenho muito robusto, linhas harmoniosas, rodas de aro 21 polegadas e para-choques integrados tanto na dianteira, quanto na traseira.

Renault_Alaskan_Concept_10A Renault ainda destacou que a entrada do Duster Oroch no mercado e, pouco adiante, em tempo semelhante, da picape Alaskan, representa um passo adiante para a marca e uma aposta no crescente mercado de picapes.

[photomosaic]

Fotos | Renault/Divulgação