Durante o último Salão do Automóvel de São Paulo, a Chrysler apresentou ao público brasileiro a quarta geração do Jeep Grand Cherokee. Agora, em janeiro, a linha 2011 do modelo já pode ser encontrada nas concessionárias da marca. O design mantém a identidade, mas está mais aerodinâmico e incorporou as tendências em voga atualmente, como linha de cintura alta e perfil suavizado.

Uma das maiores novidades está ao alcance do pé direito: o novo motor V6 3.6 Pentastar, todo feito em alumínio e dotado de duplo comando de válvulas variável, capaz de gerar potência de 286 cv e torque de 35 kgfm. A transmissão é automática de cinco velocidades e o sistema de tração nas quatro rodas tem auxílio eletrônico, e permite ao motorista escolher entre cinco opções de rodagem, adequadas para diferentes pisos e situações. As suspensões são independentes na frente e atrás, e trouxeram ganhos em estabilidade e conforto.

A Chrysler anuncia melhorias no acabamento interno, com arremates mais bem cuidados e adoção de materiais macios e de melhor qualidade. Entre os equipamentos, destaque para a segurança. O Grand Cherokee 2011 tem sete airbags (frontais, laterais dianteiros, laterais de cortina e para os joelhos do motorista), controle eletrônico de estabilidade (ESP), sistema anti-rolagem da carroceria (ERM), freios anti-travamento (ABS) e encostos de cabeça ativos.

É possível escolher entre as tradicionais versões Laredo e Limited. O conjunto mecânico é o mesmo para ambas. Contudo, poucos consumidores poderão comprá-las: a primeira tem preço estipulado em R$ 154.900, e a segunda, em R$ 174.900.

Fotos Chrysler/divulgação

Acompanhe também o Auto Segredos pelo Twitter

Quer equipar seu auto? Compare os preços antes no indiCAuto Auto Peças Online!