InícioCaminhõesVolvo caminhõesVolvo testa ônibus elétrico biarticulado em Curitiba

Volvo testa ônibus elétrico biarticulado em Curitiba

- publicidade -
- publicidade -

Cidade onde fica a sede da marca sueca foi escolhida para avaliar o coletivo 

A Volvo inicia os testes do primeiro ônibus elétrico biarticulado do Brasil na cidade de Curitiba (PR). O modelo também será avaliado nas cidades de Bogotá (Colômbia) e na Cidade do México. 

Segundo a marca sueca, os biarticulados elétricos são veículos ideais para metrópoles que têm ou pretendem implantar sistemas BRT (Bus Rapid Transit) e desejam avançar ainda mais na eficiência e descarbonização do transporte de passageiros.

VEJA TAMBÉM:

O chassi biarticulado elétrico da Volvo é o maior ônibus do portfólio da fabricante no mundo. “Um BRT com estes veículos é capaz de transportar a mesma quantidade de passageiros do que um sistema de metrô, mas com custos de implantação e operação infinitamente menores e também com zero emissões”, assegura André Marques, presidente da Volvo Buses América Latina. No momento de seu lançamento comercial, o chassi será produzido no complexo industrial da Volvo em Curitiba e poderá ser exportado para diversos países onde há cidades com BRT.

De acordo com a Volvo, o chassi biarticulado elétrico mantém as tradicionais características de seu antecessor a diesel, que o consolidaram como a melhor solução de transporte de massa. 

Ele usa o mesmo quadro de chassi, eixos e suspensão, extremamente robustos e com alta capacidade. Mas vem agora com o trem de força elétrico do Grupo Volvo, o mesmo utilizado nos caminhões, ônibus e equipamentos de construção da marca. No biarticulado elétrico o motor fica na parte central, entre o primeiro e o segundo eixos, tracionando. Com isso, assegura melhor distribuição de carga por eixo e viabiliza carrocerias com salão completamente livre para os passageiros veículos, uma vez que o avançado e inteligente design garantiu que todos os componentes elétricos e mecânicos fossem instalados abaixo do piso. Em carrocerias de 28 metros a capacidade de transporte é de até 250 passageiros.  

O biarticulado elétrico está equipado com dois motores elétricos de 200kW cada, totalizando 400kW, o equivalente a 540cv. Possui também uma caixa de câmbio automatizada de duas velocidades, baseada na consagrada transmissão Volvo I-Shift. Este afinado conjunto garante melhor capacidade de vencer aclives, muito menos vibração dos componentes e, consequentemente, melhor performance e maior vida útil do ônibus, proporcionando um menor custo de manutenção.

O veículo pode ser equipado com até oito baterias, com 720 kWh de capacidade total, o que lhe confere autonomia de até 250 quilômetros. O tempo de recarga total varia entre 2 e 4 horas, dependendo do tipo e potência da estação de carregamento. Além disso, poderá ter a opção de carregador no teto da carroceria para recargas rápidas em terminais BRT, ao longo da jornada diária.  A melhor solução de carregamento é geralmente decidida pelo órgão gestor das cidades. 

Foto principal Rodrigo La Imagem/Volvo/Divulgação

Você conhece o canal do Autos Segredos no YouTube?

Confira como é o Volkswagen T-Cross Highline 2025:

Fique por dentro das novidades.

Não fazemos spam! Leia nossa política de privacidade para mais informações.

- publicidade -
- publicidade -

ARTIGOS RELACIONADOS

- publicidade -

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

SEGREDOS

- publicidade -