10153901_818956694787321_1815509087_n

Há um belo BMW M5 em primeiro plano, com seu nada modesto V8 biturbo de 560 cavalos. Ele realmente se destaca… Mas, acredite, quem importa é o carro ao lado. Pode não parecer, mas este é o novo Mini Cooper S – note o escape central –, que, por sinal, não é o único no pátio. De fato, ele já começou a ser importado para o Brasil. As imagens foram feitas por um usuário do grupo “Revista Quatro Rodas” no Facebook, que autorizou a reprodução por Autos Segredos.

Com a construção da fábrica em Araquari (SC),  a BMW passou a concentrar suas operações em Santa Catarina. Abandonou o porto de Santos (SP), passando agora importar seus carros por Itajaí ou Paranaguá, de onde seguem para Joinville, onde está o centro de treinamento da BMW, com uma mini-fábrica onde os futuros colaboradores da fábrica da empresa já passam por treinamento. A fábrica começa a operar já em outubro, e será responsável pela montagem de Série 1, Série 3, X1, X3 e MINI Countryman.

10150572_818938964789094_911335479_n

A MINI consegue ser ainda mais rápida que a BMW. Seus lançamentos não demoram muito para chegar ao Brasil (para os Roadster e Coupé foi questão de semanas). Ainda assim, o novo Cooper estava previsto apenas para o início do segundo semestre.

mini_cooper_s_us-spec_9

Nesta terceira geração – contando desde que a BMW assumiu a fabricante britânica – o Mini Cooper cresceu consideravelmente, passando a 3,82 metros de comprimento (+ 9,2 cm), 1,72 metros de largura (+ 5 cm) e 1,41 m de altura (- 2 cm), mas não perdeu suas formas características.

Os novos motores merecem destaque. Como a unidade das fotos, o Cooper S conta com um motor 2.0 TwinPower Turbo com injeção direta que gera 192cv de potencia, substituindo o antigo 1.6 Turbo de 184 cv numa espécie de “anti-downsizing”. É o mesmo motor do 320i ActiveFlex com outro mapeamento – com 6 cv a mais – , o que serve de precedente para que este Mini também seja flex. Está nos planos da empresa, mas ainda não dá para afirmar que as primeiras unidades importadas poderão ser abastecidas com álcool. Eu acredito que podem…

mini_cooper_s_us-spec_23

Outro motor que também será adaptado para queimar cachaça vendida em postos é o 1.5 TwinPower Turbo de 3 cilindros que gera 136cv de potência, e que equipará as versões intermediárias do pequeno Cooper. A versão One, que ainda não foi apresentada, contará com o 1.2 TwinPower Turbo, também de 3 cilindros, que gera 102cv.

mini_cooper_s_us-spec_8