De acordo com matéria do jornalista Pedro Cerqueira publicada na edição de ontem (24/7) do jornal Estado de Minas, a Ford irá comercializar ainda neste semestre o Fusion Hybrid. A favor do carro conta a produção mexicana e as boas vendas no mercado nacional. Ainda não confirmação oficial nem valores do modelo, entretanto, pode-se apostar que o modelo estará no Salão de São Paulo.

O propulsor a gasolina é um quatro cilindros de 2.5 litros que gera 157cv de potência e 18,8kgfm de torque e o motor elétrico tem 107cv. O câmbio automático do tipo CVT (transmissão de variação contínua). O Fusion traz ainda um sistema chamado Intake Variable Cam Timing (iVCT), que permite alternâncias suaves entre os motores elétricos e a combustão. Como o motor a gasolina é acionado a partir dos 75 km/h, é fácil rodar na cidade usando apenas o elétrico.

A bateria que alimenta o motor elétrico é de hidreto metálico de níquel, que reúne características como dimensões menores e com 20% a mais de potência em relação ao equipamento do modelo antecessor. E, de acordo com o fabricante foram feitas melhorias nas características químicas da bateria, permitindo que funcione em temperaturas mais elevadas. O componente é resfriado usando o ar vindo da cabine. O modelo ainda tem sistema regenerativo de freio que captura a energia da frenagem para carregar a bateria.

Fonte Estado de Minas/Vrum