Ainda é cedo para afirmar o insucesso do Fiat Bravo no Brasil, até porque ele fechou a primeira quinzena de abril com 582 unidades emplacadas, sendo o 39° mais vendido. Mas com relação às vendas na Europa, onde é vendido desde 2007, o Bravo fracassou.

18º carro mais vendido do segmento compacto europeu, o Bravo tem os dias contados na Europa por não obter números lucrativos de vendas. Foram 95.292 unidades vendidas em 2008, mas apenas 44.850 exemplares em 2010, sendo que a Fiat deveria vender cerca de 75 mil para ter lucro!Hoje um exemplo da carro bem sucedido na Europa é o Nissan Qashqai, um crossover que nasceu para roubar clientes do Volkswagen Golf, o líder do segmento. Hoje em 5° no segmento, o Nissan é a inspiração da Fiat para o substituto do Bravo. O Sergio Marchionne, o “Don Corleone” do Grupo Fiat quer substituir o Bravo por um carro apto a bater de frente com o Volkswagen Golf, não importa se será um hatch com porte de crossover. Este novo carro tem lançamento programado para 2013, quando o atual Bravo dará adeus ao Velho Continente. Nós ainda teremos que aturá-lo, ao menos, até 2015, quando todos os seus concorrentes já terão mudado.

Fonte | Automotive News Europe

Acompanhe também o Auto Segredos pelo Twitter