Derivado da plataforma do Sonic, o Chevrolet Trax chegará primeiro ao México. Os dois deverão ter sua produção iniciada na fábrica de San Luis Potosí quase que ao mesmo tempo, sendo que só o Trax consumiu um investimento de 120 milhões de dólares. O Trax começa a ser vendido por lá em novembro com preços partindo dos $265,100 pesos (R$ 41.833). Logo ele estará no Brasil.

A Chevrolet escolheu o Salão de Paris para apresentar o Chevrolet Trax. Foi no evento, que abriu as portas na última quinta-feira, onde questionado por Autoesporte, o presidente da Chevrolet do Brasil, Marcos Munhoz, disse não ter certeza sobre a produção do Trax no México. Munhoz ainda completou dizendo que a vinda do modelo dependeria do novo regime automotivo, que estabelece uma cota veículos que podem ser importados do México, e esta a Chevrolet estaria usando com a importação do Captiva.A boa notícia é que, segundo nossos amigos, este é o último ano do Chevrolet Captiva no Brasil. Este seria substituído por versões de cinco lugares do TrailBlazer (que chega primeiro na versão LTZ apenas com sete lugares) e pelo Trax. Vale lembrar também que, segundo nossos contatos o Trax receberá o nome Enjoy no Brasil..Voltando ao México, por lá o Trax adotará o conjunto mecânico semelhante ao do Chevrolet Cruze, composto pelo motor 1.8 16V Ecotec que pode ser pode ser associado a uma transmissão automática de seis velocidades ou manual de cinco – no Cruze também são seis. Na versão topo de linha, LTZ, que custa $335,900 pesos (R$ 53.000), o SUV conta com sistema de entretenimento MyLink, rodas de 18”, teto-solar, bancos em couro, seis airbags, freios ABS com EBD, controle de estabilidade e computador de bordo.Com informações do AutoCosmos

Fotos | Chevrolet/divulgação

Acompanhe também o Auto Segredos pelo Twitter

Curta o Autos Segredos no Facebook!