flagra_jeep_renegade_4O novo motor E.torQ que a Fiat desenvolveu para o Jeep Renegade teve algumas alterações para ganhar o sobrenome EVO. Mudaram alguns periféricos do propulsor. Entretanto, as mudanças mais significativas são o ganho de 200 gramas de torque em relação ao antigo propulsor e o variador de fase.

Agora o motor tem 18,6kgfm de torque com gasolina disponíveis a 3.500rpm. Já com etanol no tanque o torque foi para 19,1kgfm que estará disponível a 3.750rpm. Antes o torque máximo para os dois combustíveis só chegava aos 4.500rpm. Com o aumento de torque disponível numa rotação menor o propulsor E.torQ EVO terá mais força em baixa, além de ficar menos ruidoso.

Já as potências máximas tanto com gasolina quanto com etanol não tiveram mudanças. A única alteração foi que a potência máxima com gasolina chega aos 5.000rpm antes ela estava disponível aos 5.250rpm. Com etanol continuam os 132cv chegam aos 5.250rpm.

VARIADOR DE FASE O CVCP ou variador de fase contínuo (Continuously Variable Cam Phaser) permite uma redução de consumo considerável. O novo sistema de distribuição permite uma variação na fase entre eixo comando de válvulas e virabrequim, continuamente. Este componente permite que seja empregada a fase de eixo comando ideal para cada regime de funcionamento do motor, otimizando o torque em baixas rotações e a potência nas altas.

Fotos | Marlos Ney Vidal/Autos Segredos