Latin NCAP: Nissan March se mostra inseguro em impacto lateral

430
Na proteção aos ocupantes adultos, Nissan March é inseguro na proteção aos ocupantes adultos. Hatch conseguiu apenas uma estrela com a mudança de protocolo do instituto
Nissan March
Foto | Latin NCAP/Divulgação

O Nissan March produzido no Brasil vai mal em novas testes do Latin NCAP revelados hoje (31/7). O hatch conquistou apenas uma estrela das cinco possíveis em testes de impacto lateral na proteção aos passageiros adultos e duas na proteção aos ocupantes infantis.

Impacto frontal

De acordo com relatório do Latin NCAP em impacto frontal do Nissan March, a cabeça e o pescoço do motorista e do acompanhante ganharam boa proteção. Já a proteção para o peito do motorista fraca e a do acompanhante, regular. Os joelhos do motorista apresentaram proteção regular porque foram notadas estruturas perigosas na zona do painel contra as quais poderiam impactar. Os joelhos do passageiro obtiveram proteção regular e fraca por causa dos mesmos motivos.

Nissan March
Foto | Latin NCAP/Divulgação

Já as tíbias do motorista conseguiram boa proteção e também a do acompanhante teve proteção adequada. Já a estrutura do habitáculo foi considerada instável, bem como a zona da área dos pés. A proteção para os pés é adequada.

Impacto lateral

O Nissan March fornece boa proteção para a cabeça e a pelve. Para a proteção ao peito é regular e adequada para o abdome.

A nota fraca do Nissan March se deve a falta de ESC e também pelo falta de lembrete de uso do cinto de segurança padrão. Na proteção aos ocupantes adultos, o hatch conseguiu apenas uma estrela para a segurança do adulto.

Siga nossas redes sociais

Na proteção aos ocupantes infantis, o Nissan March o sistema de Retenção Infantil (SRI) para a criança de três anos foi instalado olhando para frente usando o cinto de segurança do adulto, sendo incapaz de impedir o deslocamento para frente no impacto frontal, além dos limites permitidos.

Crianças

Já a proteção para a cabeça é boa e apenas limitada para o peito. O dummy de um ano e meio foi instalado olhando para trás, utilizando o cinto de segurança do adulto, sendo sua proteção boa para a cabeça e fraca para o peito no impacto frontal.

Nos impacto lateral, ambos dummies de crianças foram bem protegidos. Alguns dos SRIs avaliados na instalação não foram aprovados. A sinalização e instruções no carro, a respeito do uso do SRI, não cumprem com os requisitos mínimos do Latin NCAP. Não é possível desligar o airbag do passageiro quando instalado um SRI olhando para trás no assento do passageiro. O Nissan March também fica devendo cintos e três pontos para a posição traseira central. As falhas explicam o hatch ter conquistado apenass duas estrelas para a proteção do ocupante infantil.

Nissan se pronuncia

A Nissan está comprometida com a segurança de seus clientes. Por isso, cumpre todas as regulamentações de segurança no México e demais países da América Latina, incluindo a oferta de airbags frontais como equipamento padrão para toda a sua linha atual de produtos, entre outros itens.

Estamos continuamente estudando melhorias de segurança para o Nissan March. A Nissan tem um rigoroso processo de controle de qualidade e somos capazes de detectar e corrigir qualquer problema rapidamente.