Gandini_CTO Grupo Gandini, representante da Kia Motors do Brasil investirá R$ 30 milhões na construção de um centro tecnológico. O empreendimento faz parte do  parte do cumprimento da habilitação da marca coreano no Inovar-Auto – Programa de Incentivo à Inovação Tecnológica e Adensamento da Cadeia Produtiva de Veículos Automotores, instituído por meio de Decreto 7.819, de 3 de outubro de 2012.

O Gandini Centro Tecnológico será erguido às margens da Rodovia Santos Dumont, em Salto. O local terá uma área construída de 2.400 m2 em terreno de 5.900 m2. A principal atividade do centro será submeter veículos leves e motores (ciclos Otto e Diesel) por meio de dinamômetros aos ensaios de emissões exigidos pela legislação brasileiro no processo de homologação veicular.

O Grupo Gandini já adquiriu alguns equipamentos como os analisadores de gases – sistema de coleta e análise de emissões de gases de escape de motores alimentados à gasolina, álcool, GNC e Diesel por meio de amostragem diluída configurados para análise de monóxido de carbono (CO), dióxido de carbono (CO2), hidrocarbonetos (HC), óxidos de nitrogênio (NOx), oxigênio (O2) e metano (CH4), material particulado e contagem de partículas de fuligem, com sistema de automação e controle; amostrador de volume constante com gabinete de armazenamento e calibração com orifício de fluxo crítico. Os ensaios de emissões seguem os padrões da NBR 6601, consumo NBR 7024, análise de aldeídos conforme NBR 12026 e medição de opacidade NBR 130370.

O empreendimento já adquiriu também a câmara Shed, selada com volume variável e temperatura controlada, para medição de emissões evaporativas (pós dinamômetro) em veículos leves, permitindo a realização de ensaios de homologação, e o sistema de dinamômetro de chassis 4 x 4, composto de 1 ou 2 dinamômetros de rolos com diâmetro de 1.219,2 mm (48 polegadas), equipado com ventilador de vazão variável, sistema de centralização e fixação, sistema de alinhamento entre eixos, para medição e simulação de torque e potência em ensaios de emissões de poluentes e consumo de combustível de veículos de passageiros e comerciais leves equipados com tração 4 x 2 e 4 x 4.

De acordo com José Luiz Gandini, além do processo de homologação de veículos da Kia Motors, o centro vai prestar serviços a terceiros.

Foto | Grupo Gandini/Divulgação