Da arquitetura modular EMP1 surgirão hatch, SUV e sedã produzidos Porto Real (RJ)

A PSA seguirá os passos da Renault e deixará de ser francesa para crescer no Brasil. A marca apostará em produtos de origem indiana e de baixo custo. O fabricante trabalha no Projeto Smart Car para lançar três novos produtos no mercado brasileiro. Construídos a partir da plataforma modular EMP1, a marca produzirá em Porto Real (RJ) um hatch, um SUV e um sedã. O projeto Smart Car é desenvolvido pela PSA com foco para o mercado indiano e outros mercados emergentes. Tanto na Índia, quanto no Brasil a nova família deverá ser comercializada pela marca Peugeot.

Smart Car 1

De acordo com o publicado pela imprensa indiana, o Smart Car 1 será um hatch premium com jeito de SUV. Ele deverá ser o primeiro a fazer sua estreia em 2019/2020. Seria mais ou menos o que o Citroën Aircross é atualmente.

Smart Car 2

Já o projeto Smart Car 2 seria um SUV compacto. No mercado indiano, ele concorrerá com o Renault Duster e Hyundai Creta. Por aqui, ele será concorrente deles e dos demais SUV´s vendidos no mercado.

Smart Car 3

O terceiro produto da Estratégia Smart Car será um sedã para concorrer com o Honda City. Por aqui ele enfrentará a nova geração do Chevrolet Prisma, Fiat Cronos e Volkswagen Virtus.

Motores

Os modelos derivados a Estratégia Smart Car devem usar o motor 1.2 de três cilindros flex e também uma variante turbo do propulsor.

P21

Com a produção local dos modelos derivados da Smart Car, a nova geração do 208 chamada de Projeto P21 será produzida na Argentina, como antecipamos em janeiro.

Foto | PSA/Divulgação