Após Passat CC e Touareg, o Volkswagen Tiguan é mais um modelo disponível com pacote R-Line, e deles é o único com o pacote disponível em duas variações. Comum às duas são as alterações no visual externo. Os para-choques são diferenciados e pintados inteiramente na cor da carroceria, o que dá um toque mais limpo ao modelo. Nas laterais os spoilers harmonizam com os para-choques e há ainda discreto aerofólio na parte superior da tampa traseira. As rodas aro 18” calçadas com pneus 235/50 R18 completam o visual do carro.

Já a versão completa da grife traz, além dos itens estéticos presentes no exterior do veículo, bancos dianteiros esportivos em couro “Vienna”, apoios de cabeça com o logotipo R-Line, volante multifuncional com shift paddles e detalhes em alumínio. Ainda pode-se adicionar forração de teto “Titan black” e cobertura dos pedais de aço inoxidável.

Não há alterações mecânicas. Permanece o bom 2.0 TSI, com torque de 28,5 kgfm a 1.800 rpm e 200 cv a 5.100 rpm, acoplado a uma caixa automática de seis velocidades. Para levar o veículo, partindo da imobilidade, aos 100 km/h, são necessários apenas 8,5 segundos. A velocidade máxima é de 207 km/h. A tração é a conhecida 4Motion, que distribui o torque para os eixos com gerenciamento eletrônico.

A Volkswagen não divulgou preços dos R-Line.

Fotos | Volkswagen/divulgação