A Hyundai já comercializa o Equus desde o início do ano (veja aqui), mas só agora houve o lançamento oficial. Conforme antecipamos, o sedã é oferecido  pela bagatela de R$ 320 mil. Com o modelo, a marca sul-coreana quer enfrentar as alemãs Audi, Mercedes e BMW, além da japonesa Lexus, que chegou recentemente ao Brasil.

O Equus conta com arsenal pesado para enfrentar os rivais já consolidados. Sob o capô do sedã, há um motor V8 4.6, capaz de despejar 366 cv de potência e 44,8 mkgf de torque nas rodas traseiras. Para gerenciar toda a força, há um câmbio automático de oito marchas. O conjunto mecânico é completado por direção eletro-hidráulica e suspensões multilink na frente e atrás, com ajuste eletrônico a ar.

Como convém a um carro de três centenas de milhares de reais, a lista de equipamentos é extensa. Há faróis e lanternas de LEDs, rodas de liga leve aro 18″, sistema de som HD com 17 alto-falantes, leitor de MP3 e DVD e conexões USB, auxiliar e para iPod, bancos elétricos com massageadores e aquecimento revestidos em couro alcântara,  apliques de madeira no interior, computador de bordo, frigobar, cortinas elétricas nos vidros laterais e traseiros, tela de oito polegadas sensível ao toque, teto solar, freio de estacionamento elétrico e ar-condicionado digital com ajustes individuais de temperatura.

O pacote de segurança também é amplo, com direito a controles eletrônicos de tração e estabilidade, nove airbags, encostos de cabeça ativos e freios ABS com EBD. O Equus tem 5,16 metros de comprimento, 1,50 m de altura, 1,89 m de largura e 3,05 m de distância entre-eixos. O porta-malas comporta 450 litros de bagagem.

Fotos | Hyundai/Divulgação

Acompanhe também o Auto Segredos pelo Twitter