Fiat Strada Turbo 2024 evolui em desempenho, mas não em equipamentos

945

Picape compacta ganha motor 1.0 Turbo Flex nas versões topo de gama. Opções Endurance, Freedom e Volcano ficam com o motor 1.3 Firefly

Por Marlos Ney Vidal
De Florianópolis (SC)

A Fiat Strada 2024 chega com o motor Turbo 200 nas versões Ranch e na inédita Ultra, como o Autos Segredos antecipou em maio. Aliás, foi quando também revelamos o visual da picape em projeções. O preço das duas versões, posicionadas como topo de gama, é o mesmo: R$ 132.990,00. 

Preços da Fiat Strada 2024

Confira os novos preços da picape compacta:

  • Endurance Cabine Plus 1.3 Firefly MT – R$ 100.990,00
  • Freedom Cabine Plus 1.3 Firefly MT – R$ 106.990,00
  • Freedom Cabine Dupla 1.3 Firefly MT – R$ 112.990,00
  • Volcano Cabine Dupla 1.3 Firefly MT – R$ 114.990,00
  • Volcano Cabine Dupla 1.3 Firefly CVT – R$ 120.990,00
  • Ranch Cabine Dupla Turbo 200 CVT – R$ 132.990,00
  • Ultra Cabine Dupla Turbo 200 CVT – R$ 132.990,00
  • Edizione 25 anos Cabine Dupla Turbo 200 CVT – R$ 135.990,00

O para-choque da Fiat Strada Turbo 200 nas versões Ranch e Ultra são os mesmos, o que muda são detalhes em acabamento. A grade principal ficou maior e tem elementos em formato de colmeia. A malha é replicada na entrada de ar inferior, que também está maior. Já o para-choque foi redesenhado e nas extremidades ficou mais saliente, para dar um aspecto mais musculoso à picape. 

Os faróis auxiliares são novos e inspirados no Pulse. O abrigo tem material em preto com luzes de LED no centro e as molduras têm acabamento em grafite. 

De lado, as Fiat Strada Turbo 200 Ranch e Ultra recebem as mesmas rodas de liga de 16”, mas com acabamentos distintos. Na Ranch, a roda diamantada mantém a mesma proporção da cor Preta. Já na Ultra, elas são diamantadas apenas nas extremidades. 

Os pneus são on road na Ultra e de uso misto ATR na Ranch. As medidas de 205/55 R16 são comuns. 

Na traseira a picape não teve alteração, recebendo somente a logo “Turbo 200”. Apesar de ter a versão Ultra, a capota para cobrir a caçamba é a tradicional marítima. 

O visual renovado, vale frisar, é exclusivo das versões Turbo 200 Ranch e Ultra. As demais ficam com a mesma frente que estreou em 2020. 

Por dentro, as versões Ultra e Ranch receberam apliques em material sintético nos apoios de braços das portas dianteiras com costura dupla. No entanto, o acabamento das portas traseiras segue em plástico e sem nenhum acabamento extra. 

O painel recebeu uma faixa em dourado na versão em Ranch no centro do painel e na Ultra ele é na cor Grafite. 

Os bancos são revestidos em material sintético e na Ranch mesclam a tonalidade Cinza e Marrom. O volante é revestido em couro com costura em marrom. Já na Ultra o revestimento dos bancos tem material sintético na cor Preta com costuras em Vermelho. O nome da versão fica estampado no encosto dos bancos dianteiros.

O painel e as forrações de porta continuam em plástico rígido. A chave também não mudou e continua a tradicional canivete. A Fiat poderia ter colocado partida por botão para dar modernidade para a Strada Turbo 200 2024

As versões Turbo 200 têm ar-condicionado digital herdados do Argo. Ele foi novidade para a linha 2023 da Ranch, assim como o carregador por indução. 

Tirando os detalhes de acabamento, a única mudança significativa da Strada 2024 é o volante herdado do Pulse. No entanto, a coluna de direção segue com ajuste somente de altura. A central multimídia permanece de 7” com espelhamento sem fio para Android Auto e Apple CarPlay. 

Se o aspecto é simples, pelo menos os materiais são de qualidade e não há falhas de encaixe. 

Fiat Strada Edizione 25

Para celebrar os 25 anos de picape no mercado brasileiro, a Fiat venderá a série especial Edizione 25 anos por R$ 135.990,00. Baseada na Strada Ultra 2024 Turbo 200, a edição especial terá apenas 1.025 unidades disponíveis para venda. A carroceria será na cor Cinza Strato com teto em Preto Vulcano e rodas escurecidas. 

Strada Turbo 2024 não tem novidades em segurança

A Fiat Strada Turbo 200 2024 não teve alterações em relação aos itens de segurança e segue oferecendo controles de tração e estabilidade, assistente de partida em rampa, cintos de três pontos e apoios de cabeça para todos os ocupantes.

As versões Cabine Plus seguem com dois airbags frontais e as opções Cabine Dupla têm quatro bolsas, sendo duas frontais e duas laterais. Neste quesito, a picape perde para a Montana, que oferece seis airbags. 

A picape renovada e turbinada também não recebeu nenhum item de auxílio à condução ADAS. Nem mesmo um alerta de ponto cego para ficar em paridade com a Chevrolet Montana.

O piloto automático, que é cobrado pelos clientes desde a chegada do câmbio CVT no fim de 2021, segue ausente na linha 2024. A Fiat diz que pesquisas com consumidores não mostraram o item como prioridade entre os clientes.

O fabricante também diz que uma maior oferta de equipamentos deixaria a picape mais cara e deste modo poderia se aproximar da Toro. Será?

Ao volante da Strada Turbo 2024

Neste primeiro contato, andamos em percurso rodoviário na maior parte da avaliação. A chegada da motorização Turbo 200 dá outra vida à picape compacta. Se o 1.3 Firefly estava no limite, agora não há falta de fôlego para a campeã de vendas. 

A Strada Turbo tem respostas rápidas no acelerador. O motor enche rápido e consegue empurrar a picape a contento. Ela está mais esperta, ágil nas arrancadas em trânsito urbano. Não há sustos em ultrapassagens e, nos poucos pontos onde tinham aclives, o modelo mostrou força para romper as subidas. 

O câmbio CVT casa bem com a picape, oferecendo boas retomadas de velocidade. A Strada Turbo só merecia um melhor isolamento acústico. Em rotações mais altas, os ruídos de funcionamento do motor são percebidos na cabine.

A picape recebeu novos discos de freios e, em simulação de frenagens de emergência, eles atenderam bem e param a picape em tempo satisfatório e sem mudança de trajeto. 

A Strada Cabine Dupla mantém o rodar de carro de passeio e a calibragem da suspensão garante boa estabilidade e conforto, mesmo com a caçamba vazia. Ponto positivo para a direção elétrica que é leve em manobra e fica mais firme em velocidades mais altas.

O motor 1.0 Turbo Flex manteve os mesmos números de potência e torque dos Fiat Pulse e Fastback. No entanto, a marca diz que ele recebeu calibragem específica para a picape. 

São 130 cv de potência com etanol e 125 cv de potência com gasolina a 5.750 rpm Já o torque é de 20,4 kgfm a 1.750 rpm comum aos dois combustíveis. O câmbio é o CVT que simula sete marchas virtuais que também tem calibração específica para a picape.

A velocidade máxima com gasolina é de 178 km/h e com etanol fica em 180 km/k. A Strada Turbo 200 faz de 0 a 100 km/h em 9,8 segundos com gasolina e 9,5 segundos com etanol.

Consumo

Em números aferidos pelo Inmetro PBEV, o consumo urbano da Strada com etanol é de 8,3 km/l e o rodoviário de 9,4 km/l. Já com gasolina, o consumo na cidade é de 12,1 km/l e na estrada 13,2 km/l.

Itens de série das Fiat Strada Ranch e Ultra

Confira os itens de série das versões Turbo 200 da picape compacta:

A Strada Ranch e Ultra vem de série com freios ABS com EBD, airbag duplo (motorista e passageiro), airbags laterais, ajuste do banco do motorista, alarme, alerta de uso do cinto de segurança passageiro e alertas de uso de cinto de segurança do motorista.

Há apoio de braço banco motorista, apoios de cabeça traseiros com regulagem de altura, apoio de cabeça com regulagem de altura, ar-condicionado digital automático, chave com telecomando, comandos de áudio no volante, computador de bordo, console central com porta-objetos e porta-copos, conta-giros, controle de tração, controle eletrônico de estabilidade e farol de neblina em LED.

A lista inclui ainda Follow me home, volante com botão Sport, Hill Holder, Iluminação da caçamba, porta-luvas iluminado, quadro 3.5″ TFT com Mostradores de Performance, central multimídia com tela touchscreen de 7″, retrovisores elétricos, revestimento do vão de carga, sensor de pressão dos pneus, tampa da caçamba com amortecimento, TC+ (Controle de Tração Avançado), travas elétricas, vidros elétricos dianteiros e traseiros e carregador Wireless Charger.

Demais versões

Nas versões Endurance, Freedom e Volcano a única mudança é o novo volante, mesmo do Pulse, que passa a ser padrão na linha. 

Com a chegada da linha 2024 da Strada, o motor 1.4 Fire EVO foi descontinuado. Agora, a versão de entrada Endurance dispõe de motor 1.3 Firefly, como antecipamos em julho

Ficha técnica da Strada Turbo 200 2024

MOTORDianteiro, transversal, três cilindros em linha, 999cm³, 12V, com injeção direta de combustível, que desenvolve potências de 125cv (gasolina) e 130cv (etanol) a 5.750rpm, e torque de 20,4kgfm (g/e)
TRANSMISSÃOTração dianteira e câmbio automático do tipo CVT que simula sete marchas
DIREÇÃOPinhão e cremalheira com assistência elétrica
SUSPENSÕES/RODAS/PNEUSDianteira, tipo McPherson, independente, com barra estabilizadora; traseira, eixo rígido com molas parabólicas longitudinais/ 6 x 16 polegadas (liga leve)/205/55 R16 ATR (na Ranch)
FREIOSDiscos ventilados na dianteira e tambores na traseira, com ABS e EBD
CAPACIDADESDo tanque de combustível, 55 litros; de carga, 650 quilos (cabine dupla)
CAÇAMBAComprimento, 1,18m; largura máxima, 1,31m; altura máxima, 60,6cm; volume, 844 litros
DIMENSÕESComprimento, 4,45m; largura, 1,73m; altura, 1,57m; distância entre-eixos, 2,73m; altura mínima do solo, 18,5cm
ÂNGULOSDe entrada: 23 graus
De saída: 29 graus
PESO1.253 quilos (Ranch)/ 1.251 quilos (Ultra)
PERFORMANCEAceleração até 100km/h – 9,8 s (g) e 9,5 s (e)
Velocidade máxima – 178km/h (g) e 180km/h (e)
CONSUMOCidade: 12,1km/l (g)/ 8,3km/l (e)
Estrada: 13,2km/l (g)/ 9,4km/l (e)

Fique por dentro das novidades.

Não fazemos spam! Leia nossa política de privacidade para mais informações.