Em comum Captur e Compass receberam reestilização e motorização 1.3 Turbo Flex como novidades para suas linhas 2022. Leia o comparativo e descubra qual foi o vencedor

Por Paulo Eduardo

O Compass é um dos SUV’s bem-sucedidos no mercado nacional. O Captur tem a primeira reestilização, bem discreta, ganha alguns equipamentos e melhoria no acabamento para conquistar o público.

Esses utilitários têm em comum motorização de baixa cilindrada com turbo, que proporciona bom desempenho. Comparamos a versão topo de linha do Renault com a versão de entrada do Jeep.

As fotos do Compass são da versão Longitude, mas a versão comparada é a Sport.

Desempenho

Os motores têm exatamente a mesma cilindrada (1.332 cm³). São motores de três cilindros (999 cm³ de cilindrada) acrescidos do quarto cilindro. Ambos são de alumínio, que atingem a temperatura ideal de funcionamento e também de resfriamento mais rapidamente. O Jeep tem maiores valores de potência e de torque, mas o Renault pesa bem menos.

O Compass passa dos 200 km/h e atinge 100 km/h um pouco antes do Captur. O desempenho é muito bom em ambos, com retomadas (ultrapassagens rápidas). A relação peso/potência com etanol é de 8,15 kg/cv no Captur, e de 8,12 kg/cv no Compass.

Captur – 3            Compass – 4

Consumo

São equivalentes. Consumo depende de uma série de fatores, principalmente da maneira de dirigir. O Captur tem ligeira vantagem no consumo de maneira geral e o Compass leva a melhor somente no consumo com etanol na estrada.

Autonomia é maior no Compass com tanque de 60 litros diante dos 50 litros do Captur. Importante em viagem longa. Esses motores têm alto desempenho e baixa emissão de poluentes. Não há milagre em consumo em carros pesados.

Captur – 3            Compass – 3

Estabilidade

Pela altura do solo dos dois modelos, a estabilidade é boa, com pouca movimentação da carroceria em curva. Antes de atingir o limite de aderência, entram em ação os controles eletrônicos de tração e de estabilidade para manter a trajetória. Entretanto, esses controles têm limite e abusos podem implicar em acidente.

Captur – 3            Compass – 3      

Freios

Ambos têm sistema de frenagem que para os carros em espaço de segurança. O Compass tem freios a disco nos dois eixos, enquanto o Captur usa tambor no eixo traseiro.

Captur – 3            Compass – 4

Posição de dirigir/ergonomia

Os SUV’s conquistam pela posição elevada de dirigir que transmite sensação de segurança. Ambos têm regulagem em altura e distância da coluna de direção, o que facilita encontrar a melhor posição. Bancos têm regulagem longitudinal e de altura. Direções com assistência elétrica e boa calibragem em manobra e em velocidades mais altas.

Forração dos bancos em material sintético, que não permite transpiração, é um dos pontos negativos em ergonomia. Na tampa do porta-malas, o Captur tem local de fechamento bilateral, enquanto o Compass tem apenas no lado direito, dificultando para canhoto. Ambas são pesadas.

Telas táteis do sistema multimídia requerem sempre tirar os olhos da via para usá-la. A maioria dos comandos está bem posicionada. Volantes agrupam poucos comandos, mas revestimento em material liso permite deslize acidental.

Estepe do Captur fica sob o porta-malas. Menos prático e exige força para a retirada. O do Compass é o temporário, que requer mais cuidado se usado em caminho ruim e tem limite de velocidade no asfalto.

Captur-  3            Compass – 3

Acabamento

Melhor no Compass com encaixes e montagem mais benfeitos. Material emborrachado no painel central de ambos. O do Compass convence mais. Os dois pecam nas pontas de parafuso aparentes nas dobradiças que ligam as portas à carroceria. Forração em material sintético nos bancos, que é opcional no Compass, torna o interior mais requintado.

Captur- 3             Compass – 4

Espaço interno

Muito bons em ambos. O Captur tem quatro centímetros a mais de distância entre-eixos (2,67 metros contra 2,63 m do Compass). Isso significa mais espaço para pernas. O Captur acomoda três adultos no banco traseiro. O assento traseiro do Compass fica em posição baixa.

Captur – 4            Compass – 3

Porta-malas

O Compass tem capacidade para 39 litros a mais (476 contra 437 do Captur) e o acabamento é mais caprichado. Porém, o Captur tem carga útil maior (448 quilos contra 400 kg do Compass).

Captur – 4            Compass – 4

Itens de segurança

Estão bem equipados. O Captur tem alerta de ponto cego, enquanto o Compass tem seis airbags, incluindo o de cortina, diante dos quatro do Captur.

Ambos têm controles de tração e estabilidade, sendo que no Compass ao desativá-lo pode-se bloquear a roda que estiver deslizando e transferir o torque para a outra. O Captur tem sistema de quatro câmeras para monitorar entorno do carro. Faróis com luz de LED em ambos.

Captur – 3            Compass – 3

Itens de conveniência

Há muitos itens de conveniência nos dois modelos.

Partida remota somente no Captur. O ar-condicionado automático não tem duas zonas. Partida sem necessidade de chave assim como travamento e destravamento de portas. Alerta de pressão de pneus, retrovisores elétricos, controle automático de velocidade, espelhamento de celular com fio, som com amplificador digital e subwoofer, sensores de chuva e crepuscular.

O Compass conta com Auto Hold e freio de estacionamento eletrônico. O ar-condicionado de duas zonas, espelhamento de celular sem fio, partida sem chave assim como travamento e destravamento de portas, sensores de chuva e crepuscular, sistema de monitoramento de pressão dos pneus, retrovisores elétricos.

Captur – 4            Compass – 4

Conjunto mecânico

Têm em comum motorização flex turbo de mesma cilindrada, sendo que o Jeep tem maiores valores de potência, mas pesa mais. O motor Renault tem funcionamento mais suave, talvez pela menor potência, enquanto a aspereza do motor Jeep é percebida com gasolina.

Captur tem câmbio CVT de oito marchas definidas. O Compass usa automático de seis marchas com conversor de torque.

Suspensão traseira multibraços no Compass. Captur é eixo de torção. Ambos têm direção com assistência elétrica, mas o Captur tem diâmetro de giro menor (10,9 metros diante de 11,3 m do Compass). Captur tem maior capacidade rampa e o Compass, maiores ângulos de ataque e de saída.

Captur – 3            Compass – 4

Custo/benefício

O Jeep Compass tem preço sugerido de R$ 146.990 e o Renault Captur, de R$ 138.490. Diferença de R$ 8.500 é significativa. Não consideramos pintura metálica, mas os bancos forrados em couro ou material sintético custam R$ 2.500 no Compass. No Captur, forração em couro ou material sintético nos bancos é de série. A diferença passa a ser de R$ 11 mil.

Captur – 4            Compass – 3

Resultado:

Renault Captur Iconic – 40           Jeep Compass Sport – 42

Notas:

1 – Ruim; 2 – Regular; 3 – Bom: 4 – Muito bom; 5 – Ótimo

Ficha técnica Captur 1.3 CVT

Motor
De quatro cilindros em linha, 1.332 cm³ de cilindrada, 16 válvulas, de 170 cv (etanol) e 162 cv (gasolina) de potências máximas entre 5.500 e 6.000 rpm e torque máximo de 27,5 kgfm (e/g) entre 1.600 rpm e 3.750 rpm

Transmissão
Tração dianteira e câmbio CVT de oito marchas com conversor de torque

Direção
Tipo pinhão e cremalheira com assistência elétrica; diâmetro de giro, 10,9 metros

Freios
Disco ventilado na dianteira e tambor na traseira; ESP (controle de estabilidade) e HSA (assistente de partida em rampa)

Suspensão
Dianteira, independente, do tipo McPherson; traseira, eixo de torção e barra estabilizadora; altura do solo, 21,2 centímetros

Rodas/pneus
6×17” de liga leve /215/60R17

Peso
1.386 kg

Carga útil (passageiros+ bagagem)
448 kg

Dimensões (metro)
Comprimento, 4,379; largura, 1,813; altura, 1,619; distância entre-eixos, 2,673

Desempenho
Velocidade máxima, 190 km/h (e/g); aceleração até 100 km/h, 9,2 segundos (etanol) e 9,5 segundos (gasolina)

Capacidades
Tanque, 50 litros; porta-malas, 437 litros; ângulos de ataque/saída/rampa (graus), 19/30/25

Consumo (km/l)
Urbano, 7,5 (e) e 11,1 (g); estrada, 8,3 (e) e 12 (g)

Ficha técnica Compass Sport

Motor
De quatro cilindros em linha, flex, 1.332 cm³ de cilindrada, 16 válvulas, 185 cv (etanol) /180 cv (gasolina) de potências máximas a 3.750 rpm e 27,5 kgfm (e/g) de torque máximo a 1.750 rpm

Transmissão
Tração dianteira e câmbio automático de seis marchas

Direção
Tipo pinhão e cremalheira, com assistência elétrica; diâmetro de giro, 11,3 metros

Freios
Disco ventilado na dianteira e disco sólido na traseira

Suspensão
Dianteira, McPherson, braços triangulares, barra estabilizadora; traseira, McPherson com braços laterais e transversais, e barra estabilizadora; altura do solo, 20,5 centímetros

Rodas/pneus
7×17” de liga leve /225/60R17

Peso
1.504 kg

Carga útil (passageiros+ bagagem)
400 kg

Capacidades (litro)
Tanque, 60; porta-malas, 476; ângulos de ataque/saída/rampa, 20,9/31,4/20,8 graus

Dimensões (metro)
Comprimento, 4,404; largura, 1,819; altura, 1,628; distância entre-eixos, 2,636

Desempenho
Velocidade máxima, 207 km/h (e)/204,5 km/h (g); aceleração até 100 km/h, 8,8 segundos (e)/8,9 segundos (g)

Consumo (km/l)
Urbano, 7,4 (e)/10,5 (g); estrada, 8,7 (e)/12,1 (g)

Fique por dentro das novidades.

Não fazemos spam! Leia nossa política de privacidade para mais informações.