O amigo João Kleber que por vezes nos ajudou com projeções para o Autos Segredos, desta vez deu um “migué” e conseguiu conversar com os engenheiros da Ford. Ao mesmo tempo, o leitor Nilo Nunes conseguiu fotografar unidades da nova Ranger e mulas do novo EcoSport em um momento mais tranquilo para fazer fotos.

Agradecemos pela contribuição do Nilo. Agora vou deixar que o João conte como tudo aconteceu e o que lhe contaram.

Ao saber que o pessoal da Ford estava na cidade, em um  lugar próximo de minha casa, peguei minha moto e fui na hora até lá. Entrei no estacionamento e vi os carros ao fundo, porém com muita gente em volta. Sendo assim resolvi não dar muita bandeira e voltei para casa.

Não, não desisti. Apenas fui buscar alguns amigos e voltei de carro, me prevenindo caso houvesse uma situação mais hostil Para minha surpresa o pessoal da Ford estava com os capôs dos abertos e realizando alguns testes ou aferições, acredito eu. Como já estava ali, pra não perder a viagem desci do carro e fui tentar puxar assunto com o pessoal. Perguntei “ei amigo que carros são estes ai?”, o cara respondeu “olha cara a gente não pode falar sobre os carros” ai retruquei “nem precisa, conheci de longe os Fiesta”. O cara riu e disse “pois é, é o Fiesta mesmo, mas estes hatch, são praticamente iguais aos sedãs mas estes não tem porta malas”. Dei uma olhada meio de longe e reparei que os faróis não eram os mexicanos e disse pra ele “mas este ai não vem do México né, os faróis são diferentes ele deu uma olhada e disse verdade, são diferentes mesmo” ai larguei esta, “mas estes Fiesta ai não estão meio altos de mais?” ele disse “Nãaaaaaaooo o novo é assim mesmo!”.

Então resolvi ir mais fundo: “será que não tem um EcoSport ai de baixo?” Ai o cara não aguentou e riu dizendo “será?”. Nisso ele me perguntou o que eu fazia e como eu sabia dos carros. Disse-lhe que eu gostava muito de carros e estou sempre de olho na net atrás de notícias. Ele respondei “pois é você tá bem informado mesmo!”. Foi aí que pedi para dar uma olhada nos carros.

Mas o papo continuou. Segundo um engenheiro, eles estavam na cidade em busca de frio. Se tivessem chegado 15 dias antes eles veriam o que é um inverno no Sul do País. Questionei o motivo de os carros estarem no aeroporto e me responderam que os carros normalmente ficam em hotéis ou concessionárias, mas quase sempre no centro, o que chama muita atenção do público por estarem sempre camuflados e em comboio. A cada semáforo um bando de gente tenta falar com eles e tiram fotos, o que os incomodaria, claro. Além disso, estar em lugar aberto favorecia o resfriamento do carro.
Um dos engenheiros ainda comentou que prefere andar com os carros limpos, pois acredita que chama menos atenção no transito. Em partes concordo, pois um amigo que estava junto largou logo na chegada a seguinte “caramba é o novo Punto ou o novo palio?”. Acredito que a Ford sabe dessa semelhança, pois usam um Fiat Uno ao lado dos Fiesta de apoio para despistar os menos atentos.

Perguntei do cambio dos motores, pois tinha visto alguns deles com cambio automático, Desconversaram, mas garantiram que se tratava de motores diferentes e tem que testar tudo sem saber se oferecerão o equipamento no Brasil. Perguntei ainda sobre a picape de apoio,se não era a ranger. Ele replicou perguntando se eu já tinha visto, e disse que já mas não em versão cabine simples, só dupla. Destas eu só tinha visto em flagras nos Estados Unidos. Ele ainda acrescentou que nestes flagras era o pessoal da Ford brasileira que estava testando por lá.
Começando a finalizar, perguntei se já começaram a desenvolver o SUV derivado na Ranger, o tal Everest. No ato um respondeu “que Everest? ranger suv nunca existiu!”. Não existe aqui, embora a Explorer vendida na década de 90 era derivada da Ranger, e na Tailândia ainda existe. Tentando colocar a distância como empecilho. disse que ela era diferente. O detalhe é que a nova geração é global. “É verdade mesmo” ele disse, então soltei “então vem mesmo?”,  escapou e disse “não posso te confirmar isso”, mas concordou que falta um SUV para a Ford.

A seguir quis saber como anda a Ranger, e responderam que se comporta muito bem e que o desenvolvimento foi todo focado na Toyota HILUX, garantindo que o conjunto mecânico é tão bom ou até melhor que o da Toyota.Bom, o cara queria terminar o trabalho dele e ir descansar, e eu também tenho um mínimo de semancol, então agradeci a ele por poder ter visto os carros de perto, de capo e portas abertas, motores ligados, a atenção e desejei um bom trabalho a eles e uma boa sorte nos testes. Fui tão bem recebido e tratado com tanta paciência e educação que não me senti no direito interromper ou atrapalhar o pessoal que estava trabalhando  ainda mais. Foi uma experiência bacana, bem diferente das histórias que vejo por ai relatando falta de educação ou hostilidade por parte do pessoal responsável pelos testes.

Fotos | Nilo Nunes/ Especial para o Autos Segredos

Galeria

(Clique nas imagens para ampliar)

Flagrou algum carro diferente, camuflado ou com placas verdes (ou tudo isso) ou tem alguma informação interessante e quer contribuir com o Autos Segredos? Envie para o e-mail marlos.vidal@gmail.com.

Acompanhe também o Auto Segredos pelo Twitter