Nova geração do Toyota Vios será comercializada com preços entre o Toyota Etios Sedan e o Corolla

A Toyota nega de forma categórica, mas, em 2018 a marca japonesa terá dois novos modelos destinados ao mercado brasileiro. Por enquanto, os novos hatch e sedã são conhecidos pelos codinomes Projeto 230B (sedã) e 231B (hatch). Ambos serão construídos a partir da nova plataforma Toyota´s New Global Architecture ou simplesmente TNGA.

Indaiatuba

Todas as fontes consultadas indicam que os novos modelos serão produzidos em Indaiatuba (SP). Lá, atualmente é produzido o Corolla, mas, a nova geração do sedã médio mais vendido do Brasil passará a usar a plataforma TNGA, em sua nova geração que tem previsão de estreia para 2019.

A fábrica de Indaiatuba inclusive já passa por mudanças em suas linhas para a fabricação de modelos derivados da plataforma TNGA. O fabricante fez buffer (aumento produção de peças) entre março e abril para suprir a parada da linha do Corolla atual e assim atender a grande demanda pelo sedã.

Novo Corolla

A nova geração do Toyota Corolla chegará ao mercado em março de 2019. Os testes já começam por aqui no final de 2018.

Nova geração do Yaris é chamada por enquanto de Projeto 231B

Projetos 230B e 231B

Os novos hatch  e sedã são desenvolvidos em conjunto com as engenharias brasileira, indiana e tailandesa. Em nossas apurações, o hatch e o sedã serão as novas gerações do Yaris e ambos serão construídos a partir da plataforma TNGA. Nossos amigos do Autoo também apontam para o Yaris como novo hatch da marca.

Junto aos fornecedores o novo Vios é chamado de mini Corolla devido a sua semelhança. O sedã deve estrear primeiro, podendo ser lançado ainda no segundo semestre deste ano. Concessionários da marca japonesa já informam seus clientes do PcD que a partir de outubro as vendas do Corolla PcD serão suspensas e que o novo sedã ocuparia esse segmento.

As novas gerações de Yaris e Vios serão comercializadas com preços entre a linha Etios e o Corolla. Hoje, a marca japonesa não tem produtos intermediários entre eles. Há uma lacuna de produtos entre R$ 65 mil a R$ 90 mil na gama do fabricante que será preenchida com os modelos premium.

Motor e câmbio

A linha Premium da Toyota deverá usar o motor 1.8 do Corolla atual. O propulsor rende potência de 144 cv a 6.000 rpm quando abastecido com etanol e 139 cv a 6.000 giros, com gasolina. O torque máximo nesta configuração é de 18,6 kgfm (com etanol) e 17,7 kgfm (com gasolina), sempre a 4.800 rpm. Os câmbios serão o manual de cinco velocidades e o automático do tipo CVT Multi-Drive.

Fotos | Toyota/Divulgação (Imagens meramente ilustrativas)