trd_toyota_86_4

O Toyota GT 86 não tem o design nem a potência de seu motor 2.0 Boxer como maiores destaques, mas atrai quem busca diversão em um esportivo relativamente barato e com tração traseira. Isto, claro, em mercados onde ele já é vendido. Não é o caso do Brasil, onde o GT 86 até está nos planos para ser importado, mas ainda depende da boa vontade da engenharia da marca.trd_toyota_gt_86_11

O problema nem é a adaptação do modelo às nossas vias, mas sim do motor 2.0 Boxer – que gera 200 cv – à nossa gasolina com um quarto de álcool. Este motor é bastante sucetível a alterações no combustível, e sua adaptação ao nosso mercado levaria de seis meses a até dois anos.

A intenção da Toyota seria trazê-lo do Japão custando menos de R$ 140 mil, para fazer frente ao Peugeot RCZ, mas isso poderia acontecer apenas em 2016…

trd_toyota_gt_86_6

Fonte | UOL