Nova versão do Renault Captur deixará SUV com preços abaixo dos R$ 80 mil atuais

Renault CapturO Renault Captur ganhará nova versão mais em conta que deve deixar o SUV com preços abaixo dos R$ 80 mil atuais. Ainda sem nome conhecido nossa reportagem apurou que a marca já monta unidades básicas como a nova opção é chamada no chão de fábrica.

Renault Captur

Motor

A nova versão será equipada com o motor 1.6 16V SCe que rende 120 cv a 5.500 rpm com etanol e 118 cv a 5.500 rpm com gasolina. Já o torque é de 16,2 kgfm a 4.000 rpm seja com etanol ou gasolina. Assim como a Zen, ela contará com câmbios manual e automático do tipo CVT.

Menos itens

Para ficar mais em conta, a nova versão do Captur perderá alguns itens de série. Nossa aposta é que o mídia NAV, airbags laterais e as rodas de liga-leve deixem de ser ofertados e sejam substituídos por rádio mais simples e rodas de aço.

Itens como ar-condicionado, direção eletro-hidráulica, vidro elétricos nas quatro portas, controles de tração e estabilidade, alarme e travas elétricas deverão ser mantidos.

A nova versão já começou a ser fabricada em São José dos Pinhais (PR) e deve chegar ao mercado no começo de 2018.

Foto | Renault/Divulgação (Imagens meramente ilustrativas)

  • Isaac Ferreira Santo

    Em um pais onde os preços dos carros são um dos mais altos do mundo só resta apelar, depenando o carro, pra abaixar o preço, pra ver se vende. Aí o comprador pega um carro ZERO pelado ao invés de um semi-novo completo e muitas vezes em otimo estado

    • Hugo Leonardo Dos Santos

      Entenda uma coisa, carro zero é pra quem precisa financiar, carro usado é pra quem tem dinheiro na mão. Ningué é louco de financiar um carro usado pagando um absurdo de juros e junto com isso manutenção 9alguma coisa sempre tem pra fazer) e seguro.

  • Antonio Macedo

    Carro para mim pode vir sem pintura, mais tem que ter itens básicos de segurança á exemplo de controles de tração e estabilidade e freio a disco nas 4 rodas com abs.

    • Hans Vogel

      Você então é um pilotão né? Para ter que usar disco de freio em todos os carros, ainda mais num SUV familiar…
      Os outros itens de segurança blz, e esta certo, mas nem todo carro precisa de 4 discos de freio…

      • Douglas

        Exatamente, não precisa de freios a disco na traseira.

        • J_Eduardo

          Desculpa, mas um sistema mais moderno, menos complexo de manutenção, menos propenso a fadiga e falha por aquecimento, que só não é item de série para ser empurrado como opcional de modernidade e segurança pelas fabricantes nos otários aqui do Brasil e em carros populares mundo pobre a fora, que inclusive tem custo inferior para os fabricantes…ainda assim deveria ser opcional….eu discordo…

      • Filipe

        freio a disco só para quem é “pilotão” !????

        • Hans Vogel

          Disse pilotão pq para um uso normal de dia-a-dia um carro popular como essa coisa ai não precisa disso. Carro nem pesa 1300 quilos.
          O cara não ficar usando freio a cada 200 metros a toda a ponto de dar fatiga. E outra, nem me venha com desculpa de serra, pois se o cara freia a serra toda, merece mesmo ficar sem freio.

      • J_Eduardo

        Pq não? O sistema é mais eficiente, muito menos propicio a fadiga e, portanto, a falhas por super aquecimento, entre tantos outros motivos, isso fora o fato de ser um sistema mais simples de instalar fazer manutenção em relação aos tambores e só não é item de serie nas quatro rodas, em todos os carros em linha, para poder ser ofertado como item diferencial de segurança. Palavras de um primo mecânico, que recebeu a informação de um fabricante tradicional do mercado.

        • David Diniz

          Ok se é mais eficiente qual é a utilidade prática de freio a disco atrás para freiar a uma velocidade de 50km/h ou menos aonde nem o ABS entra em frenagem de emergência.

        • Paulo Lustosa

          Em picapes se usam tambor na traseira

      • Antonio Macedo

        Não sou pilotão, se o fosse poderia vir até sem freios, mas como penso no bem estar da minha família coloquei aqui o meu pensamento e cada qual escolhe aquilo que lhe convêm, portanto quem quiser pode continuar comprando carros sem itens básico de segurança e freio a tambor. Respeito a opinião do meu semelhante.

        • Hans Vogel

          Único carro que tive com freio a tambor na traseira foi o meu primeiro. Todos os outros foram com 4 discos. Porem vc pensa q 4 discos vão fazer diferença para uso normal, é melhor vc querer tbm um jogo de pneus para chuva e outro para seco.

    • ViniciusVS

      Todo mundo fala isso Antonio, mas na hora de comprar o carro ninguém deixa o lado emocional de lado e nem deve deixar afinal carro é um conjunto.

      Chega a ser hipócrita a atitude do Brasileiro quando diz que prefere segurança mas na hora paga por roda de liga e outras perfumarias…

      Se não me engano foi a Bosch que fez uma pesquisa assim… primeiro perguntou para o consumidor o que ele mais valorizava em um carro e disparado ganhou segurança, airbags, controle de estabilidade… depois a Bosch fez a mesma pesquisa com as concessionárias e o resultado foi o oposto, o Brasileiro de modo geral comprava a versão mais barata sem os itens de segurança e gastava a diferença com acessórios como roda de liga, central multimidia, etc que somados ficavam mais caros que a versão com os equipamentos de segurança…

      Não entendo qual o problema da galera em assumir que gosta de carro por questões emocionais… é incrível como na internet TODO MUNDO é racional e fora dela temos Onix como líder de vendas…Não digo que é o seu caso, mas é que esse discurso é totalmente fora da realidade e montadora vai investir naquilo que vende, atualmente não é segurança que vende carro.

      • Henrique

        Depende também da necessidade.

        Para um carro que só é usado de segunda a sexta em horário comercial em uma grande cidade, freios a disco, ABS e air bag só são aumentos de custos, pois não tem nenhuma utilidade prática.

        • Luconces

          Fala isso pra família do jornalista que morreu no Onix naquela batida com o manobrista então…

      • Antonio Macedo

        Concordo com você ViniciusVS, mas acho que estamos na hora de mudarmos esses pensamentos de escolhermos perfumarias à itens de segurança, principalmente quando temos famílias e fazermos viagens regularmente,

  • Bruno Silva

    Perder o airbag lateral é loucura. Vai ver que a Renault já tinha planejado essa versão e esperou fazer o crash test pra agora tirar…

  • Tommy

    O Kwid de 29 mil tem airbag lateral, seria ridículo tirar isso do carro que é agora o topo de linha da Renault aqui, aposto mais nas rodas, media NAV, faróis de neblina, detalhes de acabamento etc do que nos itens de segurança. Igual ao Stepway Expression.

    • Hans Vogel

      De acabamento ali só se o centro ficar todo preto mesmo, pois tirar acabamento de um carro que falta acabamento é d+.

    • Jeep Compass

      IX35 de 110 mil tem só os 2 airbags obrigatórios, além de ar condicionado analógico e volante de plástico.

  • “O Renault Captur ganhará nova versão mais em conta que deve deixar o SUV com preços abaixo dos R$ 80 mil atuais.”

    O Duster já não faz esse papel?

  • Hans Vogel

    Que medo cara. Como um remendo de um Duster que é remendo de um Renault antigo consegue ser mais básico?

    • Luconces

      É tipo o Argo, remendo do Palio que já era remendo de antigamente.

      E agora tem o Argo Fire kkk

  • Leon Gonçalves

    Fiz test drive apenas de curioso. O acabamento realmente deixa a desejar, principalmente nas soleiras internas das portas, onde sequer há cobertura plástica, só o carpete mesmo, como em um popular, e a parte traseira, é ainda mais simples, pois ali as portas por dentro são quase que inteiramente de plástico, sendo que na lateral dianteira há uma faixa de couro, que não se repete atras. Porém, a direção é extremamente leve, bem calibrada, e o câmbio, bem acertado. O motor é lerdo? Sim, se tiver pretensao esportiva, mas adequado para madames – público alvo do modelo. Enfim, torcia muito o nariz para ele, mas é um produto a ser considerado para quem quer um suv urbano não premium.

  • Marcelo Cordeiro

    Fico imaginando como eles poderiam simplificar algo que já é simples ao extremo. O acabamento interno da Captur é nível Sandero/Logan. Essa nova versão jabuticaba será no nível do Kwid, então? Ah, diminua a margem de lucro, mas capar um carro que já não é lá estas coisas (aquela chave cartão de péssimo gosto do Megane Grandtour que o diga) é um absurdo, notadamente quando já existe na casa um carro que atua exatamente na faixa de preço que eles pretendem colocar. O único resultado esperado será a canibalização do Duster.

    • Filipe Alberto

      Acredite, depois que a FIAT tirou a alça de mão (que para ela custava 1 real), no intuito de diminuir o preço do produto, podem fazer milagre com esse captur.

      • Marcelo Cordeiro

        Pois é. A VW também capou o “PQP” na nova geração do POLO. Um verdadeiro absurdo!!!!!

    • Brasil_MG

      Enfim alguém que concorda que o acabamento da Captur está no mesmo nível do Sandero…

      • É ruim o acabamento da Captur para o preço que cobram, já, o Sandero, se tivesse aquele acabamento, seria um dos melhores da categoria.

        • Brasil_MG

          Na minha opinião o acabamento das portas se equivalem nos dois carros. Em comparação com o Sandero, a Captur é levemente superior apenas no painel, mas ainda deixa a desejar em comparação com os concorrentes ( até o ARGO 1.0 tem aspecto interno melhor que a Captur, principalmente nos forros de porta)

        • Brasil_MG

          Amigo, na verdade eu pego no pé da Captur mais pelo preço elevado. Poderia vir com 2.0 antigo, câmbio AT4, revestimento em plástico simples, mas se custasse uns R$ 15.000 a menos, as falhas do projeto até seriam perdoadas…

          • Sobre o 2.0 e AT4, de fato, deveria nem ter vindo no Captur (deveria ser o Nissan 1.8 americano – em motorização única ou o Nissan 2.0 do Sentra e Fluence, na manutenção da versão 1.6) e pelo preço que ele tem, deveria no mínimo ter revestimento em soft touch ou couro no painel, se diferenciando do Duster. Não perdoo por isto, pois tinha tudo pra ser um carro bem melhor.

          • Brasil_MG

            É uma pena, pois por fora o carro é lindo. Vi hj no trânsito uma Captur branca com teto preto, muito bonita. A Renault poderia ter caprichado mais no interior do carro…

    • A chave cartão é interessante! Transmite modernidade e certo refinamento.

      • Marcelo Cordeiro

        Modernidade? Você já viu aquele dispositivo do tamanho de um biscoito cream cracker pessolmente? A vendedora na loja me deu uma, coloquei pendurado no chaveiro, coloquei no bolso traseiro da calça, incomodou ao sentar. Achei um trambolho, nada de moderno ali!

        • Eu tenho um Fluence que utiliza esta solução e gosto. Utilizo normalmente no bolso do paletó ou no bolso frontal, que é o correto. Nunca devemos sentar em chaves de carro, de qualquer tipo, sob risco de danificar ou causar acidentes.

          • Marcelo Cordeiro

            Vai de cada um. Eu, por exemplo, detesto sair com coisas nos meus bolsos, já basta o celular.

  • Louco por carros

    Pq já não começam com o preço baixo?! Maldita ganância.

  • Frederico

    A Renault deve jogar no lixo aquele câmbio automático de 04 velocidades e trocar por uma AISIN de 06 marchas.
    O resto ta legal.

    • Pedro154

      Provavelmente eles vão trocar pelo CVT que já está prontinho e amplamente disponível na linha Renault-Nissan.

  • Hugo Leonardo Dos Santos

    Quando li a matéria Renault Captur vai ganhar ……. pensei que era o câmbio CVT para o motor 2.0. Não foi dessa vez

  • marc

    Se cair para uns 70 mil, bom, muito melhor que um Argo Hgt por exemplo

  • Raimundo A.

    Dá para capar muita coisa do Captur. Vendo a parte externa dele, tira a lanterna de neblina e a luz diurna no para-choque, bem como os repetidores de seta dos retrovisores.
    As rodas serem em aço não vejo problema se usarem calotas integradas a elas como vemos no Kwid que parece ter rodas de liga, mas não tem.
    Sobre os itens internos, pode ser o sugerido na matéria.

  • Brasil_MG

    A nova versão ainda não foi batizada, mas poderá ser chamada de SanderoTur ou CapMICO

    ((A versão TOP da Captur já tem ares de básica com o painel e forros de porta em plástico simples, couro sintético de gosto duvidoso e suporte de braço que parece um cabo de vassoura encapado e agora com calota, o negócio esculhambou de vez….))

    • AT9

      kkkkkkkkkk

    • Roxxton

      Não passa de um Big Duster!!!

      • Pedro154

        Duster depois de passar perfume francês

    • Gu92

      Versão Life, assim como no Kwid básico!

    • Ⓜ️arcelo

      Gran Cawid

  • Ilbirs

    A Renault do Brasil deveria ter gasto a grana para lançar quase que simultaneamente com a Europa isto aqui:

    https://icdn-5.motor1.com/images/mgl/OE1KM/s1/2018-dacia-duster.jpg

    https://icdn-6.motor1.com/images/mgl/kgEkM/s1/2018-dacia-duster-official-image.jpg

    https://icdn-1.motor1.com/images/mgl/0kKYn/s1/2018-dacia-duster-official-image.jpg

    Seria um senhor impacto, usaria um nome já mais do que consagrado e se por fora já corrigiu linhas controversas por outras inegavelmente harmônicas, mas mantendo a mesma tônica original de compartilhar estamparias externas com os carros de passeio, desta vez com as mesmas portas e colunas A de Logan II e Sandero II, recebendo aí também três janelas iguaizinhas também. No interior eu acho que ninguém sentiria a necessidade de um Captur:

    https://icdn-5.motor1.com/images/mgl/x0nxy/s1/2018-dacia-duster-live-in-frankfurt.jpg

    https://icdn-8.motor1.com/images/mgl/gxMv7/s1/2018-dacia-duster-live-in-frankfurt.jpg

    https://icdn-2.motor1.com/images/mgl/NEe0X/s1/2018-dacia-duster-live-in-frankfurt.jpg

    https://icdn-5.motor1.com/images/mgl/QV320/s1/2018-dacia-duster-live-in-frankfurt.jpg

    https://icdn-8.motor1.com/images/mgl/Q4O0Z/s1/2018-dacia-duster.jpg

    https://icdn-4.motor1.com/images/mgl/vgP1q/s1/2018-dacia-duster.jpg

    https://icdn-7.motor1.com/images/mgl/Z4r32/s1/2018-dacia-duster.jpg

    https://icdn-3.motor1.com/images/mgl/GqvMJ/s1/2018-dacia-duster.jpg

    https://icdn-9.motor1.com/images/mgl/7W0JP/s1/2018-dacia-duster.jpg

    Porém, claramente vemos o desperdício de dinheiro e a redundância que está havendo ao se manter Duster I e Captur juntos, um apagando a luz do outro e as ruas sendo cada vez mais ocupadas por Kicks, HR-V e Creta, só para ficarmos no trio mais vendido por ora, além de o EcoSport Mk2 reestilizado estar indo bem.

    • Filipo

      Perfeita análise e comentário! É assim que penso também.
      A Renault Brasil errou feio, e este erro pode ocasionar outros a médio prazo. Será que a Renault irá lançar o novo Duster no ano que vem? Será que ela o “capará”, para não se sobressair ao Captur? Qual o futuro do Duster no Brasil?
      Era muito melhor a Renault Brasil ter trazido o Kadjar para cá e agora no começo do ano lançar este novo Duster. Ai sim seriam dois produtos diferentes, com propostas diferentes. Kadjar, um produto mais refinado e espaçoso e Duster, um produto para volume de vendas.

      • Duster e Captur possuem perfis diferentes e podem conviver bem juntos. Final do ano que vem chegará o novo Duster, e na sequência, a atualização do Captur.

    • Penso do mesmo jeito.

      O “Kaptur” atrapalha o Duster, que teve que diminuir de preço em até 7K para dar espaço ao modelo russo-brasileiro. Do jeito que esse vende mal, era melhor continuar vendendo poucos Duster mas com a margem de lucro gigantesca que tinham e equipará-lo ao europeu nessa mudança de geração, para que não ficasse tão para trás perante a concorrência.

    • Wally

      Na minha opinião, não adianta você mostrar um Duster renovado por fora, bonito.. Mas continuar com um interior de vomitar..

      O problema do duster sempre foi o interior.. O exterior do atual continua sendo um carro bonito, tanto que eles não mudaram tanto nesse Duster 2018.

      • Ilbirs

        Se você não viu as fotos do interior do Duster, com direito a três saídas centrais móveis no painel e bancos com bom padrão construtivo, reveja-as na postagem original.

        • Wally

          Eu vi.. Continua sendo um interior porco.. Aquela foto é de modelagem 3D, onde tudo fica brilhando e parece que o acabamento é bom..

          Aquele grande plastico frontal continua lá.. Aquela parte superior do painel em uma peça única toda de plástico continua lá..

          Quando a gente fala de interior bom pra enfrentar a concorrencia a gente fala de Renegade, kicks, HR-V.. Se o Duster recebesse aquele interior continuaria sendo um investimento perdido..

  • Roxxton

    Um carro com esse valor e ainda conta um motor 1.6 fraco(no Duster já está no limite, imagina num carro mais pesado) e com Direção Hidráulica… mas que merdha!!!

    • Direção eletro-hidráulica, que acredito ser uma excelente solução que combina a robustez do sistema tradicional com a modernidade dos atuadores elétricos.

  • Pedro154

    Captur Life.

  • Pedro154

    Gente, por falar em Renault, acho que há um grande potencial de eles reforçarem a estrutura do Sandero quando sair o face-lift. Já pensou, o Sandero tirando nota menor que o Kwid no NCAP? Fora que certamente deve ter o AB4 desde o modelo de entrada. Mas isso vai abrir precendentes (que na verdade, já estão abertos) para o novo Sandero (Life?) custar a partir de R$ 44k.

    • Cesar

      Porque reforçar o Sandero?

  • Ricardo Blume

    Melhora um pouco o acabamento interno do Captur e deixa o preço como está. Deixa essa lacuna para o novo Duster que está por vir.

  • Marco A

    Já não é lá essas coisas e ainda vão capar ainda mais…

  • Trevizan Pizza

    Capada a $ 78990. Vai vender muito renault!!!!!!!

  • vidgal

    Esse carro já nasceu morto perante seus concorrentes…

  • haterXhater

    Os carros da Renault estão encontrando um bom equilíbrio de custo x segurança. Aos detratores e haters do Captur, lembrem-se: ele tirou 4 estrelas na Latin NCap nos novos parâmetros que é um ótimo resultado.
    Só falta melhorar acabamento e pôr o câmbio CVT na versão 2.0.

  • marcosCAR

    69.990,00 e entrar de vez no mercado…

    • Brasil_MG

      Esse deveria ser o preço da Zen manual 1.6

  • Hoffmann

    Mais que nunca essa porcaria será um Duster com a casca diferente. Se o acabamento das versões “de luxo” já é um LIXO nem quero ver o dessa versão pelada.

  • Duh

    A incompetência da Renault com esse carro é impressionante: se é pra ser um suv mais sofisticado que o Duster qual é o sentido dessa versão??? outra Captur precisa é de um interior totalmente novo, o atual é horripilante, sem tirar um cambio at. de 6 marchas na versão topo.
    Duster então devia custar de 60mil a 75mil mas isso nunca vai ocorrer.

  • Wally

    A renault tinha o duster que o grande problema era o interior… Aí lança uma “requintada”.. E qual é o grande o problema da Captur??? O INTERIOR!!!

    GENIUS!!!!

    • Se a ideia era ter um produto melhor para se equiparar à concorrência, o melhor seria simplesmente equiparar o Duster brasileiro com o europeu, não trazer uma falsificação russa para atrapalhar.

      • O Duster brasileiro tem melhor acabamento que o Europeu, que é mais simples de tudo, exceto motor (lá é 1.2 TCe) Lá teve inclusive o Easy-R o equipando, ao invés de CVT.

      • Wally

        Mas o interior do Duster é muito precário, seja o europeu ou brasileiro.. Mesmo falando do Novo duster europeu, o interior ainda é muito precário..

        O duster é um carro MUITO BOM, principalmente agora com o duo 1.6 + CVT. O único problema era o interior, a Captur era a salvação e eles erraram feio..

  • Marcus Vinicius

    Era melhor que não ganhasse para não atrapalhar as vendas do duster !

  • MAUGAR

    Legal, continuem depenando…

  • CanalhaRS

    O carro já é tosco, um Duster com carinha bonita, e ainda vão simplificar mais…

  • Fiz um test-drive em um Captur com câmbio manual. Surpreendeu pela agilidade, até parecia hatch – mas não trocaria por um carro mais “no chão”. Entretanto, é gosto.

  • Leonardo costa

    Compramos o captur zen, dirigibilidade excelente, altura do solo muito boa, câmbio CVT atende perfeitamente, econômico, carro atende perfeitamente a família.

  • Vinicius Rocha

    O interior das versões atuais já é um lixo, pobre e super básico. Imagina o interior dessa versão básica, deve vir com ferragens das portas aparentes.