SUV compacto começará a ser produzido no fim de novembro

flagra_renault_capturA Renault irá lançar o Captur em dezembro, o SUV puxou o tapete do compacto Kwid, que será lançado somente em março de 2017. De acordo com o apurado pela reportagem do Autos Segredos, problemas no powetrain postergaram a chegada do compacto. Já o SUV começará a ser produzido no fim de novembro.

flagra_renault_captur_3O Captur, será comercializado inicialmente, com o mesmo conjunto mecânico do Nissan Kicks com antecipamos em setembro. O motor 1.6 16V Flex, com controle de abertura de válvulas continuamente variável, rende 114cv de potência e 15,5kgfm de torque. A direção tem assistência elétrica variável. Em outros mercados da América do Sul, o Captur será equipado com o motor 2.0 e o câmbio automático de quatro marchas.

O SUV que ficará posicionado acima do Duster e fará sua primeira apresentação oficial no Salão do Automóvel de São Paulo.

Como Autos Segredos antecipou em outubro de 2015, o Captur usará a base do Duster 4×4 que também é usada pela picape Duster Oroch. Nossa reportagem apurou que o Captur será o modelo mais caro da gama Renault no Brasil.

O Captur nacional terá a suspensão traseira multilink usada pelo Duster e pela Oroch. A tração será sempre 4×2 para a versão 1.6 que terá companhia do câmbio CVT. Futuramente, o mercado nacional contará com uma versão 2.0 e câmbio CVT.

Internamente, o painel e forros de portas são construídos em plástico duro. A central multimídia será a mesma já usada pelos irmãos (Sandero, Logan, Duster e Oroch).

flagra_renault_kwid_2017Já o Kwid, cuja chegada em 2016 era dada como certa teve seu lançamento adiado para 2017. O hatch aventureiro será apresentado no primeiro trimestre do próximo ano. A marca continua divulgando o compacto em hotsite exclusivo. O hatch chegará equipado com motor 1.0 12V de três cilindros de origem 100% Renault. O Kwid terá plataforma mundial, desenvolvida pela Renault Technology America (RTA) e pelo Renault Design America Latina (RDAL) para o mercado brasileiro.

O compacto será equipado com o motor 1.0 12v de três cilindros e poderá ser equipado com câmbios manual de cinco velocidades e o automatizado Easy’R também de cinco marchas. A Renault chegou a testar no Brasil o Kwid com motor 0.8 de três cilindros, mas, nossas apurações apontam pela desistência da marca em usar o propulsor devido ao fraco desempenho.

O Kwid será o primeiro compacto a vir de série com airbags laterais como antecipamos em maio.

Externamente, o Kwid praticamente será igual ao indiano. O que mudam são os retrovisores que serão iguais aos dos irmãos Logan e Sandero. No interior o Kwid fabricado no Paraná terá novo painel. Basicamente, o que muda em relação ao modelo indiano são os plásticos dos acabamentos que serão trocados por materiais de melhor qualidade. Outra mudança em relação ao indiano é que o modelo nacional não terá o quadro de instrumentos digital e será equipado com instrumentos analógicos e digitais.

Foto | José Eduardo (Captur) e Rodrigo Santos (Kwid)

Flagrou algum carro diferente, camuflado, com placas verdes (ou tudo isso) ou ainda tem alguma informação interessante e quer contribuir com o Autos Segredos? Envie para o e-mail contato@autossegredos.com.br. Ou ainda pelo nosso WhatsApp (31) 99547-480