Dando continuidade à renovação de sua linha, a Chevrolet irá “enterrar” mais um de seus antigos modelos. A próxima vítima é o sedã Prisma, lançado no Brasil em 2006. O modelo que chegou ao mercado para substituir o Classic não conseguiu cumprir sua missão e sairá de cena antes do veterano sedã derivado da primeira geração do Corsa nacional. As últimas unidades do modelo serão produzidas até o começo de outubro e as unidades deverão durar até dezembro. No acumulado deste ano o Prisma teve 15389 unidades comercializadas.


Em 2009 a Chevrolet tentou aumentar a participação do Prisma no mercado lançando a versão com motor 1.0, que pouco vendeu. Com a saída do Prisma a marca abre espaço na linha para a produção do Onix hatch e sedan. Já o Celta continua em produção por mais algum tempo. Vale ressaltar que  Onix não substitui o Celta que continua a ser o modelo de entrada da Chevrolet no Brasil.

O Onix hatch chega em outubro e o sedan chega no começo de 2013 podendo dar as caras já em janeiro. Em termos de mercado a família Onix ficará posicionada com preços próximos aos praticados pelo Corsa.

Foto | Marlos Ney Vidal/Autos Segredos

Acompanhe também o Auto Segredos pelo Twitter