Foto0126Logo no primeiro flagra do novo Honda Fit no Brasil vimos que timidez não era a dele, afinal, ele foi flagrado por nossos leitores circulando com pouca camuflagem em Sumaré (SP), cidade onde será fabricado. Agora ele revela que também não tem problemas diante das massas:  o leitor Paulo Eduardo de Oliveira flagrou o novo Fit com ainda menos camuflagem no Vale do Anhangabaú, na capital paulista.

Foto0125

Isso, somado às condições que a Honda oferece atualmente para a compra da geração atual do Fit, como a versão CX (sem ABS) por R$ 45.990 e IPVA 2014 pago, revela que ela já tem a intenção de reduzir estoques .Segundo nossos amigos, o início da produção do novo Honda Fit em pré-série em Sumaré (SP) está previsto para o primeiro trimestre, com lançamento entre abril e junho.

A Honda faz questão de manter seus produtos alinhados com o resto do mundo, embora isso não ocorra com os motores. Por aqui ele pemanecera com os motores flex 1.4 e 1.5 de até 101 cv e 116 cv. A novidade – que agrada fãs do modelo – é o retorno da transmissão CVT, como era na primeira geração do modelo.

Com 6 centímetros a mais no comprimento – somando 3,96 metros – e mais 8 cm no entre-eixos – 2,58 m no total, e porta-malas também favorecido, passando dos atuais 384 litros a mais de 400L, o Fit assumirá a designação de monovolume definitivamente, mas manterá a identidade que carrega faz 11 anos, mesmo com faróis mais estreitos e lanternas verticalizadas. O Fit de primeira geração ao lado comprova isso.

honda_fit_2[5]

É possível que o Fit nacional tenha pequenas alterações no design da dianteira e da traseira, promovidos pelo Centro de Design da Honda no Brasil. Além disso, a gama de versões poderá voltar a ser um pouco maior. A geração atual foi lançada com as versões LX, LXL, EX e EXL, reduzida hoje às versões CX, LX e EX, sem contar o aventureiro Fit Twist.

Itirapina

honda_vezel_hybrid_10

A produção do Fit será transferida para a nova fábrica da Honda, em Itirapina (SP), em 2015. Ele compartilhará a unidade com o SUV compacto Vezel, que faz uso da mesma plataforma. O modelo acaba de ser lançado no Japão com preços que partem dos 1,870,000 Yen (R$ 42.860). Lá ele é oferecido em versões à gasolina e híbrida, ambas com motor de 1,5 litro a gasolina com injeção direta, que produz potência de 132 cv e torque de 15,9 m.kgf. A versão híbrida ainda dispõe dos 29,5 cv e 16,3 m.kgf gerados por um motor elétrico, que por sua vez é alimentado por uma bateria de íons de lítio.

Fotos | Paulo Eduardo de Oliveira (flagra) e Honda/Divulgação

Flagrou algum carro diferente, camuflado, com placas verdes (ou tudo isso) ou ainda tem alguma informação interessante e quer contribuir com o Autos Segredos? Envie para o e-mail contato@autossegredos.com.br ou marlos.vidal@gmail.com