Apesar de o Chevrolet Onix estar vendendo bem e se tornando figura fácil nas ruas, nunca me deparei diante de um Onix LS, a versão básica do modelo que custa a partir de R$ 30.790 e que abre mão de diversos itens, como maçanetas pintadas, iluminação do porta-luvas e do porta-malas, tem o preto como cor predominante do interior e não dispõe de ar-condicionado nem como opcional. Bem, o Prisma, lançado na semana passada nas versões LT e LTZ, deverá receber em breve uma versão LS.

A informação está no próprio manual do veículo, disponibilizado online pela própria fabricante. Entre as inúmeras páginas, a maioria sobre o sistema de entretenimento MyLink, estão as especificações das rodas e pneus do Prisma. É nesta página que é citada a versão LS, que pelo visto terá o mesmo conjunto do LT 1.0. Repare que a fabricante o chama de “Onix Notchback”, o que ele realmente é.

A versão LT 1.0 do Chevrolet Prisma, que custa a partir de R$ 34.990, tem itens de série equivalentes aos do Onix LT 1.0. Entre eles figuram: travamento automático das portas ao atingir 15 km/h, sistema de luz “siga-me” e “leve-me”, abertura elétrica do porta malas por controle remoto, acionamento elétrico dos vidros das portas dianteiras com sistema tipo “um toque” para subida e descida com dispositivo anti-esmagamento, abertura, fechamento automático dos vidros das portas acionado pelo Keyless Entry System ao travar e destravar o veículo, coluna de direção com regulagem em altura, alarme anti-furto, brake light traseiro, protetor de cárter e espelhos retrovisores externos com cobertura na cor do veículo. Os itens que estão em negrito são alguns dos que não estão presentes no Onix LS.

Um comparativo de equipamentos entre Onix LS e LT pode ser visto neste link.

Fotos | Chevrolet/Divulgação