Foi em 1998 que a Volkswagen apresentou o New Beetle, uma recriação do Fusca, que àquela altura ainda era fabricado no México. Me lembro que ele chegou ao Brasil no início do ano 2000, custando cerca de 25 mil dólares, e meu avô reclamava que seu Fusquinha azul 1973 era muito mais bonito e muito mais “carro de homem” – ele diz isso até hoje. Agora o desafio da Volks é dar a velha personalidade à nova geração do carro.

E como a Volkswagen fará isso? Ela promete que a nova geração do Beetle será mais esportiva que a atual, tendo como opções de motorização o motor 2.5 de 5 cilindros com 170cv e o 2.0 TSI de 211cv, além de um motor Diesel TDI que terá mais adeptos na Europa. Além disso, o interior será mais amplo, uma conquista da marca ao aproximar as formas do modelo ao Fusca.

Não parece, mas a unidade flagrada está bem camuflada na dianteira e traseira. Para não chamar muita atenção a Volks abriu mão dos panos pretos e disfarces de vinil  em detrimento a peças mais largas que encobrem partes do carro. Há uma certa expectativa para que ele seja apresentado em março no Salão de Genebra, mas o mais certo é que ele seja uma das atrações do Salão de Nova York, em abril.

A produção continuará na fábrica de Puebla, no México, o que favorece o Brasil. Mas devido à toda a expectativa que a Volkswagen vem criando nos Estados Unidos – ela promete uma propaganda do modelo, sem exibir o carro, durante o intervalo doa final do Super Bowl  – com sorte o “New New Beetle” só deverá aparecer por aqui no início de 2012.

Fotos | Autoblog USA

Acompanhe também o Auto Segredos pelo Twitter

Quer equipar seu auto? Compare os preços antes no indiCAuto Auto Peças Online!